Super Kart Brasil: Nelsinho Piquet e Felipe Fraga são campeões em Interlagos

Pilotos dominaram as duas principais categorias do Super Kart Brasil em São Paulo, que ainda teve as conquistas de João Pedro Guim, Alessandro Xavier e Vítor Baptista

A segunda edição do Super Kart Brasil foi realizada com sucesso neste final de semana (29 e 30/1) no kartódromo de Interlagos, em São Paulo. Com mais de 150 pilotos inscritos e a participação e feras do kart e estrelas do automobilismo internacional, o evento deu ao circuito paulistano um final de semana como não se via há mais de cinco anos.

Ao longo do sábado e do domingo foram disputadas quatro corridas de cada uma das cinco classes do SKB nesta segunda edição. As provas mais esperadas do torneio foram a Graduados e a Shifter, respectivamente com 22 e 36 karts em seus grids e a presença de pilotos das mais variadas categorias do automobilismo mundial.

Na Graduados o título ficou com Nelsinho Piquet, tricampeão brasileiro de kart e piloto da Nascar Truck Series. Depois terminar as duas primeiras baterias do final de semana com um oitavo e um quinto lugares, Piquet avançou no domingo e venceu as duas provas decisivas do SKB. Assim terminou o evento com 65 pontos, quatro a mais que o vice-campeão André Nicastro e sete à frente de Sérgio Jimenez, que vencera as corridas do sábado.

“Estou muito feliz por vencer as duas corridas do domingo e o SKB aqui em Interlagos. É legal voltar ao ritmo do kart e andar junto com os garotos que estão no início de carreira”, destacou Nelsinho. “O final de semana foi de muito trabalho, melhorando a cada dia não só o acerto do kart, mas também minha pilotagem para pegar a mão do circuito”, completou o piloto que também disputou as provas da Shifter Kart e terminou a categoria na quinta posição depois de abandonar a terceira corrida por causa de um pneu que se descolou da roda.

Entre os karts com marcha, o jovem Felipe Fraga venceu a segunda e a terceira baterias do evento e, mesmo abandonando a prova decisiva depois de um toque com Leonardo Cordeiro, conquistou o título baseado na combinação de resultados de seus adversários. A classe que deu origem ao Super Kart Brasil foi uma das mais equilibradas em Interlagos.

Começou com Dennis Dirani vencendo a primeira corrida seguido por Felipe Fraga e o campeão do SKB 01, César Ramos. Fraga se recuperou vencendo as duas provas seguintes e ficando em uma situação confortável para a decisão. Na corrida final a vitória ficou com Leonardo Cordeiro, piloto da Fórmula GP3, que terminou o SKB 02 como vice-campeão.

“Consegui fazer uma boa largada na corrida final e pular para segundo. Depois, quando fui tentar ultrapassar o Leonardo (Cordeiro), ele fechou a porta e acabei tocando no kart dele”, contou Fraga, que, apesar do abandono, só perderia o título caso o paranaense André Pedralli vencesse a corrida. “Estou muito feliz por esse título. No início eu pensei que teria maiores chances na Graduados, mas vencer na Shifter me deixou muito contente pelo alto nível da categoria no Super Kart Brasil”, comentou o piloto de 15 anos de idade e detentor de cinco títulos do Campeonato Brasileiro da modalidade.

Nas demais classes do Super Kart Brasil em Interlagos, Alessandro Xavier conquistou o título da Sênior (destinada aos pilotos com mais de 30 anos de idade) depois de duas vitórias em quatro corridas. Na Júnior foi o paulista Vítor Baptista quem dominou e faturou o título, enquanto na Super Cadete João Pedro Guim venceu as quatro corridas do final de semana e faturou o trofeu de campeão.

Para Paulo Carcasci, que promove o Super Kart Brasil ao lado de Ruben Carrapatoso, Sérgio Jimenez, André Nicastro, Renato Russo, Dennis e Danilo Dirani, o evento em Interlagos foi uma grata surpresa.

“Sem dúvida o evento excedeu em todos os parâmetros as nossas expectativas. Eu imaginava que teríamos algo em torno de 60 ou 70 pilotos, e tivemos mais de 150 competidores neste final de semana incluindo as duas categorias do Paulista de Kart. Acho que o sucesso do SKB está plantado e agora cabe a nós trabalharmos para melhorar alguns aspectos, principalmente na parte de evento fora das pistas”, comentou Carcasci.

“Há que se ressaltar ainda a qualidade dos pilotos e das disputas em Interlagos neste final de semana. A presença de pilotos de fora como o Nelsinho Piquet, o César Ramos e o Victor Guerin, por exemplo. Todos fizeram um grande espetáculo e já recebi mensagens de pilotos como Gabriel Dias (F-3 Inglesa) e Ricardo Maurício (Stock Car) demonstrando interesse em participar das próximas edições do SKB”, completou o promotor que conta com sete títulos brasileiros de kart no currículo, além de conquistas no automobilismo britânico e japonês.

Confira como ficou a classificação final do Super Kart Brasil 02 em cada categoria. Os resultados das provas podem ser encontrados no site: www.racingcrono.com.br.

Classificação final – Graduados
1- Nelsinho Piquet, 65 pontos
2- André Nicastro, 61
3- Sérgio Jimenez, 58
4- Cayan Chianca, 46
5- Felipe Fraga, 41
6- Ruben Carrapatoso, 32
7- Victor Caliman, 21
8- João Archer, 19
9- Ricardo Landucci, 17
10- Gustavo Myasava, 12
11- Tuka Rocha, 11
12- Ariel Varella, 6
13- Gabriel Casagrande, 6
14- Matheus Coletta, 4
15- Gustavo Lima, 3
16- Luca Travaglini, 2

Shifter Kart
1- Felipe Fraga, 57 pontos
2- Leonardo Cordeiro, 50
3- Dennis Dirani, 43
4- André Pedralli, 41
5- Nelsinho Piquet, 35
6- César Ramos, 34
7- Danilo Dirani, 33
8- André Nicastro, 26
9- João Jardim, 26
10- Galid Osman, 14
11- Renato Russo, 11
12- Raphael Raucci, 10
13- Jean Aguiar, 9
14- Bruno Leon, 5
15- Guilherme Salas, 5
16- Leonardo Jafet, 2
17- Victor Franzoni, 2
18- Pedro Nunes, 1

Sênior
1- Alessandro Xavier, 83 pontos
2- Fernando Gomes Croce, 69
3- José Dieter, 56
4- Maique Paparelli, 48
5- Fernando Croce, 42
6- Antonio Ventre, 23
7- Ricardo Thomazzi, 16
8- Anderson Faita, 15
9- Fernando Guzzi, 14
10- Fernando Pastro, 10
11- Daniel Croce, 8
12- Jandre Nunes, 6
13- Roberto Pasqualini, 5
14- Marcelo Meneghel, 4
15- Sérgio Botto, 4
16- Ussama Ferdinian, 1

Júnior
1- Vítor Baptista, 82 pontos
2- Renato Júnior, 55
3- Pietro Rimbano, 54
4- Vinícius Paparelli, 49
5- Gabriel Fernandes, 29
6- Flávio Matheus, 23
7- Leonardo Gimenes, 20
8- Yurik Carvalho, 19
9- Nicolas Gatto, 15
10- Bruna Tomaselli, 12
11- José Fortunato, 11
12- Victor Miranda, 10
13- Mauro Auricchio, 6
14- Gabriel Nascimento, 6
15- Guilherme Baldin, 6
16- Giuliano Raucci, 5
17- José Augusto, 1
18- Bruno Bertoncello, 1

Super Cadete
1- João Pedro Guim, 90 pontos
2- Pedro Fonseca, 64
3- Gabriel Sereia, 57
4- Luiz Branquinho, 44
5- Igor Mello, 34
6- Felipe Drugovich, 29
7- Pedro Cardoso, 23
8- Juan Crespi Neto, 21
9- Gregory Diegues, 12
10- Marcel Coletta, 11
11- Eduardo Souto, 6
12- João Pedro Custódio, 5
13- Amauri Baragatti, 4
14- Lucas Myaki, 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *