Super Kart Brasil: SKB 09 coroa sete campeões em Interlagos

Alain Sisdeli, Giuliano Raucci, Guilherme Salas, Marcel Coletta, Felipe Guimarães, André Matinha e Rafael Rigueiro foram os campeões do torneio que abriu a temporada de grandes competições no kartismo nacional

Está aberta a temporada das grandes competições no kartismo brasileiro. Neste fim de semana, o Super Kart Brasil reuniu – junto com o Campeonato Paulista de Kart – 157 pilotos no mais tradicional kartódromo do país, o de Interlagos, localizado na zona sul da capital paulista. Depois de 28 corridas e disputas da mais alta qualidade, o SKB 09 coroou sete campeões.

A decisão mais apertada foi justamente na categoria que deu origem ao Super Kart Brasil. A KZ2, de karts com marcha, chegou para sua última corrida com Danilo Dirani e Guilherme Salas empatados em pontos. E foram os dois quem tomaram as duas primeiras posições na pista desde o início da decisão. Danilo liderava com relativa tranquilidade quando, a cinco voltas do fim, teve de abandonar por causa de uma quebra na corrente de transmissão.

Salas, que vinha na segunda posição, pulou para primeiro e não foi incomodado por Dennis Dirani nas últimas quatro voltas. Desta maneira, venceu e conquistou o tricampeonato do Super Kart Brasil.

“Acho que este (SKB) foi o mais difícil”, disse Guilherme Salas. “Eu tinha um equipamento bem acertado, mas o Danilo também estava muito rápido. Quando vi que ele ficou na reta, isso me deu uma tranquilidade porque eu sabia que seria muito difícil me aproximar em condições normais. Mas, ao mesmo tempo, passei a me preocupar com o meu equipamento e comecei a poupá-lo para garantir o título”, completou o piloto da cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo.

Na categoria mais jovem do SKB, a Super Cadete, Rafael Rigueiro ficou com o título depois de duas vitórias. O piloto venceu a segunda e a quarta provas, justamente as que mais valem pontos na competição, para somar 64 pontos. João Pedro Correa, com 58, ficou com o vice-campeonato e Diego Ramos foi o terceiro com 48.

“Foi um título importante, porque esta foi a primeira vez que corri na Super Cadete. Fiquei muito feliz. Foi difícil e isso só deixou tudo mais emocionante”, comentou Rigueiro.

Pela Júnior Menor, Marcel Coletta venceu a corrida final, chegou aos 60 pontos e conquistou seu primeiro título no SKB. “Gosto da pista de Interlagos. Além deste SKB, eu já tinha ganhado um Campeonato Paulista aqui. Estou feliz com o título, principalmente porque as corridas não foram fáceis. No sábado fiz dois terceiros lugares e hoje, mesmo largando em último porque tive um problema na tomada de tempos, consegui bons resultados”, contou o piloto. Mesmo depois de um problema de freios na manhã de domingo, Coletta conseguiu uma recuperação impressionante.

Na Thrustmaster Júnior, Giuliano Raucci venceu duas corridas e foi mais um piloto a conquistar pela primeira vez o SKB. O paulista deve ser um dos representantes brasileiros no kartismo europeu em 2013, e falou da importância do SKB na sua preparação.

“É bom começar o ano assim já ganhando corridas, vendo que você está rápido. Principalmente no SKB, que é até mais difícil que o próprio Campeonato Brasileiro. Porque, como cada corrida tem uma pontuação diferente, você precisa estar o tempo todo entre os primeiros. E o ritmo das corridas é muito intenso. Como preparo físico e para retomar os reflexos depois das férias de fim de ano, um campeonato como esse é excelente”, comentou Raucci.

Das classes mais jovens para as mais experientes, Alain Sisdeli fez sua primeira competição pela Sênior – vindo da Graduados – e faturou, também, seu primeiro SKB. “O kart da Sênior é bem mais pesado e, como eu mudei de fábrica também, ainda estou em uma fase de adaptação, mas foi muito bom. Confesso que quando terminou a segunda corrida de sábado eu não estava confiante, porque ainda não temos o acerto ideal do kart para a chuva. Mas hoje, com pista seca, deu tudo certo e consegui vencer as duas provas”, contou o piloto.

Na Super Sênior, André Matinha dominou o fim de semana e venceu as quatro corridas. Assim, somou os 90 pontos possíveis no Super Kart Brasil para faturar o título. Jefferson Muccio foi o vice-campeão com 53 pontos e Heuro Tortato ficou em terceiro, com 48.

“É tudo muito novo, por causa dos motores e carburadores novos. Então eu vim treinar durante a semana para descobrir o melhor equipamento. Andei bem desde os treinos e o sábado começou com uma condição que eu gosto muito, que é a condição de chuva. Fiz as corridas com tranquilidade, embora a última tenha sido mais apertada”, comentou Matinha.

38 karts – O maior grid do Super Kart Brasil foi o da categoria Graduados, considerada a elite do kartismo brasileiro, que contou com 38 pilotos. O tamanho do grid foi proporcional à intensidade das disputas. E no final de quatro corridas o título ficou com o brasiliense Felipe Guimarães, mesmo depois de um abandono na primeira prova de sábado e uma punição na primeira corrida de domingo.

“Eu sabia do equipamento que tinha nas mãos, tanto para corridas no seco quanto na chuva, e já sabia que meu principal concorrente seria o André Nicastro. No fim da quarta corrida eu não tinha certeza do título, mas deu tudo certo e consegui vencer por um ponto”, contou Guimarães, que trabalha para voltar a disputar a GP3 Series em 2013.

O Super Kart Brasil já tem data para sua 10ª edição. O SKB-10 está marcado para os dias 02 e 03 de março no kartódromo de Aldeia da Serra, na região metropolitana de São Paulo. Os resultados das provas do SKB-09 estão disponíveis no site www.racingcrono.com.br. Confira abaixo quem foram os campeões de cada categoria.

Super Cadete

1- Rafael Rigueiro, 64 pontos
2- João Pedro Correa, 58
3- Diego Ramos, 48
4- Vanderlei Pacheco, 46
5- Derek Ryan, 34

Júnior Menor

1- Marcel Coletta, 65 pontos
2- João Rosate, 50
3- Arthur Leist, 48
4- Caio Collet, 42
5- Edgar Bueno Neto, 39
6- Juan Crespi, 36

Thrustmaster Júnior

1- Giuliano Raucci, 65 pontos
2- Pedro Cardoso, 55
3- Pedro Fonseca, 39
4- Zaiya Fontana, 33
5- Rafael Martins, 30
6- João Pedro Guim, 28

Graduados

1- Felipe Guimarães, 55 pontos
2- Olin Galli, 54
3- Sérgio Jimenez, 48
4- Yago Cesário, 35
5- João Vieira, 29
6- Gabriel Casagrande e André Nicastro, 27

Sênior

1- Alain Sisdeli, 62 pontos
2- Rodrigo Soares, 49
3- Tuka Rocha, 48
4- Dudu Dieter, 47
5- Alan Synthes, 46
6- Diogo Zucarelli, 38

Super Sênior

1- André Matinha, 90 pontos
2- Jefferson Muccio, 53
3- Heuro Tortato, 48
4- Jeferson Stutz, 47
5- Márcio do Lago, 45
6- Jorge Borelli, 30

KZ2

1- Guilherme Salas, 79 pontos
2- Dennis Dirani, 68
3- Danilo Dirani, 49
4- Victor Franzoni, 35
5- Gabriel Dias, 34
6- Marco Cozzi, 30

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *