Superleague Fórmula: Antonio Pizzonia, do Corinthians, conquista a pole

O brasileiro Antonio Pizzonia, do Corinthians, conquistou neste sábado (05/09), a pole-position para a 4ª etapa da temporada, no circuito de Estoril, em Portugal. Foi a terceira pole de Pizzonia na temporada. Com o tempo de 1m28s447 o brasileiro bateu o argentino Esteban Guerrieri, agora defendendo o Olympiacos, na final.

“Esta etapa está ainda mais competitiva, com mais pilotos experientes e de ponta. Então, esta pole ganha uma importância enorme na minha carreira. Sem dúvida nenhuma, tirando a Fórmula 1, em nível de pilotos competitivos, acho que esta é a categoria mais forte de que já participei”, disse Pizzonia, que também compete na Stock Car Brasil.

A primeira parte do treino, com os 18 times sendo divididos em dois grupos de nove carros, classificou os quatro primeiros de cada para a fase seguinte. O Corinthians foi o terceiro do grupo B, que teve também o Flamengo, com o brasileiro Enrique Bernoldi. Com um problema no motor Bernoldi foi o 6º, ficando de fora da fase seguinte.

“O carro não estava andando na reta, a velocidade era claramente menor. O rendimento chegava a ser 12 km/h pior que o dos meus companheiros de equipe nas retas grandes e 6km/h nas retas curtas, o que é uma grande desvantagem. Isso, no final da volta, dá uma perda de tempo imensa em termos de briga pelas melhores voltas”, afirmou Bernoldi o ex- piloto de F-1 que larga em 17º e penúltimo lugar.

Na segunda fase, com os carros entrando em dupla para uma disputa de duas voltas, Pizzonia, com 1m28s390, foi o mais rápido dos oito pilotos, batendo o australiano John Martin, do Glasgow Rangers. Classificaram-se para a semifinal, junto com o Corinthians, os carros do Liverpool, Olympiacos e Basel.

Pizzonia foi mais rápido do que o alemão Max Wissel, do Basel, com Guerrieri batendo o espanhol Adrian Valles, do Liverpool.

Na final Pizzonia garantiu a terceira pole do Brasil sendo 0s180 mais rápido do que Guerrieri. Belo aperitivo para o jogo entre Brasil e Argentina, pelas eliminatórias da Copa de 2010, que acontece neste sábado à noite.

“Nosso carro não estava tão bom como nas etapas anteriores. Então, foi uma das minhas melhores poles. Vamos trabalhar bastante no equipamento para que não gaste tanto os pneus, para que eu possa briga pela vitória amanhã”, avisa Pizzonia.

O Liverpool divide a segunda fila com o Basel. O Glasgow Rangers e o Anderlecht, com o belga Yelmer Buurman, completam os seis primeiros.

Estreando na categoria, pelo Sevilha, o francês Sébastien Bourdais, alinha somente na 15ª posição.

Grid:

1)
Corinthians (BRA) – Antonio Pizzonia (BRA), 1min28s447;

2)
Olympiacos (GRE) – Esteban Guerrieri (ARG), 1min28s627;

3)
Liverpool (ING) – Adrian Valles (ESP),
1min29s334;

4)
Basel (SUI) –
Max Wissel (ALE), 1min29s553;

5)
Rangers (ESC) – John Martin (AUS), 1min29s762;

6)
Anderlecht (BEL) – Yelmer Buurman (HOL),
1min29s548;

7)
Roma (ITA) – Franck Perera (FRA), 1min29s601;

8)
Porto (POR) – Alvaro Parente (POR), 1min29s159;

9)
Milan (ITA) – Giorgio Pantano (ITA), 1min28s710;

10)
Lyon (FRA) – Nelson Panciatici (FRA), 1min29s670;

11)
Midtjylland (DIN) – Kasper Anderson (DIN), 1min28s845;

12)
Sporting (POR) – Pedro Petiz (POR), 1min29s962;

13)
Tottenham (ING) – Craig Dolby (ING), 1min28s960;

14)
PSV (HOL) – Carlo Van Dam (HOL), 1min30s715;

15)
Sevilha (ESP) – Sébastien Bourdais (FRA), 1min29s005;

16)
Galatasatay (TUR) – Ho-Pin Tung (CHN), 1min31s676;

17)
Flamengo (BRA) – Enrique Bernoldi (BRA), 1min29s686;

18)
Atlético de Madrid (ESP) – Maria De Villota (ESP),
1min32s457.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *