Superleague Fórmula: Sevilla e Sporting vencem; Pizzonia é o mais rápido

Piloto do Corinthians anota volta mais rápida, mas problemas mecânicos o impedem de subir ao pódio na Itália.

O tradicional e veloz autódromo de Monza, na Itália, recebeu neste domingo (04/10) a quinta rodada dupla da Superleague Formula. O brasileiro Antonio Pizzonia foi o mais rápido das duas provas, mas problemas mecânicos o impediram de conquistar bons resultados. “Foi uma pena, tínhamos tudo para nos aproximar da liderança e seguir forte na briga pelo título”, explica o piloto. Ainda assim Pizzonia ganhou uma posição no campeonato e agora ocupa a quinta colocação no futebol sobre quatro rodas.

Após largar na 11ª posição na primeira corrida do dia, Pizzonia cresceu de rendimento durante a prova e chegou a ocupar a quinta colocação. “Nós trocamos alguns componentes do carro e corrigimos o problema de velocidade de reta que tínhamos”, explica o piloto do Timão. Com o problema solucionado, o brasileiro registrou a volta mais rápida da corrida, com o tempo de 1min36s466.

No fim da prova, quando se consolidava entre os cinco primeiros, um problema com o sistema de alimentação acabou com a corrida de Pizzonia. “Não sabemos exatamente o que aconteceu, mas em algumas curvas a bomba não conseguia puxar o combustível”, conta. Com a queda de rendimento, o carro corintiano caiu para a décima posição em apenas duas voltas. A vitória foi do Sevilha (ESP).

Com o grid totalmente invertido para a segundo prova, Pizzonia largou na nona colocação. Após um bom começo de prova e uma boa parada nos boxes, o conjunto corintiano alcançou rapidamente a segunda colocação.

No momento em que detinha a melhor volta da prova e se aproximava com rapidez da liderança, o problema com o sistema de realimentação reapareceu e em poucas voltas o brasileiro caiu para a nona colocação. “A equipe trocou a peça e pensou que estava tudo certo, mas parece que não adiantou nada”, conta.

A vitória foi do Sporting (POR). Pizzonia ainda terminou a corrida com a segunda melhor volta. “Faltou pouco. Andamos bem, mas infelizmente não conseguimos nosso objetivo”, lamenta o “Jungle Boy”, como ficou conhecido nas pistas internacionais.

Assim terminou a 9ª etapa da Superleague Formula:

1) Sevilla (ESP) 25 voltas em 41min26s833;
2) Olympiacos (GRE) a 0s375;
3) Roma (ITA) a 14s930;
4) Liverpool (ING) a 18s014;
5) Tottenham (ING) a 22s078;
6) Anderlecht (BEL) a 25s536;
7) Porto (POR) a 27s342;
8) Galatasatay (TUR) a 29s568;
9) Basel (SUI) a 35s894;
10) Corinthians (BRA) a 38s378;
11) Rangers (ESC) a 51s734;
12) Midtjylland (DIN) a 55s320;
13) Lyon (FRA) a 56s807;
14) Atletico de Madrid (ESP) a 1min05s661;
15) Milan (ITA) a 1min10s845;
16) PSV (HOL) a 1min13s588;
17) Flamengo (BRA) a 1min34s720;
18) Sporting (POR) a 15 voltas.

Assim terminou a 10ª etapa da Superleague Formula:

1) Sporting (POR) 25 voltas em 41min51s037;
2) Tottenham (ING) a 6s051;
3) Sevilla (ESP) a 11s436;
4) Olympiacos (GRE) a 12s945;
5) Liverpool (ING) a 18s660;
6) Anderlecht (BEL) a 19s107;
7) Galatasatay (TUR) a 24s939;
8) PSV (HOL) a 34s379;
9) Corinthians (BRA) a 46s658;
10) Atletico de Madrid (ESP) a 54s555;
11) Milan (ITA) a 1min07s513;
12) Rangers (ESC) a 1 volta;
13) Porto (POR) a 3 voltas;
14) Basel (SUI) a 8 voltas;
15) Lyon (FRA) a 10 voltas;
16) Midtjylland (DIN) a 20 voltas;
17) Roma (ITA) a 22 voltas;
18) Flamengo (BRA) a 22 voltas.

Veja como está a Superleague Formula depois de oito etapas:

1) Liverpool (ING), 350 pontos;
2) Tottenham (ING), 301;
3) Olympiacos (GRE), 259;
4) Basel (SUI), 253;
5) Corinthians (BRA), 249;
6) Anderlecht (BEL), 247;
7) Porto (POR), 241;
8) Milan (ITA), 236;
9) Rangers (ESC), 203;
10) Roma (ITA), 196;
11) Sporting (POR), 191;
12) Galatasatay (TUR), 182;
13) Sevilla (ESP), 179;
14) Atletico de Madrid (ESP), 170;
15) Flamengo (BRA), 161;
16) Midtjylland (DIN), 158;
17) Al Ain (EAU), 135;
18) PSV (HOL), 125;
19) Lyon (FRA), 124;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *