TC2000: Hoover Orsi disputa TC2000 com Chevrolet Astra

Brasileiro é convidado especial na prova mais importante do calendário argentino.

O brasileiro Hoover Orsi é um dos convidados especiais da lista de inscritos para os “200 Km de Buenos Aires”, prova de gala do calendário da TC 2000 argentina. Orsi, que no Brasil pilota o Chevrolet Astra #12 da equipe Red Bull na disputa da Copa Nextel de Stock Car, vai competir em dupla com Ricardo Risatti, que ocupa a nona posição no certame argentino. O Team Chevrolet Elaion inscreveu três Astra fabricados no Brasil nessa competição, além de Orsi e Risatti foram inscritas as duplas formadas pelo argentino Christian Ledesma e o suíço Alain Menu e outro para o argentino Marcelo Bugliotti e o inglês Robert Huff. A equipe é uma das maiores forças da categoria, tendo vencido os campeonatos de 2004, 2006 e 2007; os torcedores brasileiros ainda lembram da vitória de Bugliotti na prova disputada em Interlagos.


 


Os treinos livres acontecem hoje (sexta, 8), em duas sessões de uma hora pelo traçado número 9 do Autódromo Oscar e Juan Gálvez, que mede 3 353,65 metros. A largada está marcada para as 12h20 de domingo. Em 2005 e 2006 a programação dos 200 Km de Buenos Aires incluiu também provas da Copa Nextel, sendo que na última oportunidade Hoover Orsi terminou em segundo lugar, resultado que o credenciou ao convite da equipe oficial Chevrolet na Argentina. O brasileiro aceitou de imediato o desafio:


 


“A chance de competir em uma categoria diferente era boa demais. È uma oportunidade de disputar contra pilotos que disputam o Mundial de Turismo como o Menu e o Huff.”


 


Na primeira sessão de treinos livres a equipe Chevrolet Elaion saiu com pneus usados, concentrando seu trabalho na adaptação dos pilotos ao traçado número 9 e às peculiaridades do modelo argentino, que utiliza a estrutura original do Astra.  Ao final de uma hora de treinos Menu (1m21s962) e Orsi (1m22s097) marcaram tempos bem semelhantes.


 


A participação de Orsi nos 200 Km de Buenos Aires é conseqüência de uma política de integração entre as várias unidades da Chevrolet na América do Sul. Para Samuel Rusell, diretor de marketing no Brasil “ter um piloto do Chevrolet Power Team participando da maior prova da TC 2000 com um carro fabricado em São Caetano do Sul é a comprovação de que o automobilismo está no DNA da nossa marca.” Pablo Ramos, gerente de marketing da Chevrolet na Argentina concorda com Russell e lembra que “a interação entre argentinos e brasileiros é cada vez mais forte e através do esporte é uma ferramenta importante para trabalhar nossa imagem em dois mercados muito importantes.”


 


A lista de inscritos reúne 32 carros de seis marcas e oito modelos diferentes e a programação do evento inclui provas do Campeonato Sul Americano de F3, categorias regionais e até mesmo a exibição de modelos esportivos de alto desempenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *