Trofeo Linea e Fórmula Future Fiat estão prontas para estreia

‘Shakedown’ movimenta segunda-feira no Autódromo de Interlagos.

As mais novas atrações do automobilismo brasileiro, idealizadas e apadrinhadas por Felipe Massa, concluíram os preparativos para a abertura da temporada de estréia. Nesta segunda-feira, com a pista por vezes úmida pela garoa que atingiu o extremo sul da capital paulista pela manhã, carros do Trofeo Linea e da Fórmula Future Fiat passaram pelo “shakedown” (verificação primária de todos os sistemas) em Interlagos e foram liberados para a rodada dupla inaugural, marcada para os próximos dias 28, 29 e 30 no Autódromo Internacional Nélson Piquet (Jacarepaguá), Rio de Janeiro.
Pilotos conhecidos, como Giuliano Losacco, Felipe Giaffone, Max Wilson, Paulo Salustiano e Juliano Moro, entre outros, misturavam-se à garotada saída na maioria do kart e às vésperas do batismo nas pistas de competição. Losacco disputará o Trofeo Linea como companheiro de equipe do mineiro Clemente Faria Jr., outra presença nos boxes, de onde assistiu aos ensaios conduzidos por Moro e Salustiano na avaliação do modelo de competição baseado no veículo de rua da Fiat.
Chefes de equipe e diretores esportivos dos times também estiveram em Interlagos. “O objetivo deste trabalho foi apresentar o Linea às equipes e esclarecer dúvidas. Estamos na fase final de preparação, mas estes carros estão praticamente prontos para competir”, explicou Moro, encarregado do desenvolvimento de pista do modelo equipado com motor turbo de 1.4 l. “A parte externa sofreu poucas alterações, a fim de manter as características originais e facilitar a identificação por parte do público”, completou.
Enquanto Moro e Salustiano checavam o funcionamento do Linea, Felipe Giaffone e Max Wilson se revezavam ao volante dos monopostos da Fórmula Future Fiat. “A idéia era exatamente esta, andar poucas voltas e checar se tudo estava funcionando perfeitamente, se não havia vazamentos, enfim, a rotina de um carro novo. E, de fato, não tivemos qualquer problema. A rigor, falta apenas completar a configuração das informações no volante. Do ponto de vista mecânico, os carros estão prontos”, afirmou Giaffone.
As entradas e saídas dos boxes dos Fórmula Future Fiat eram atentamente acompanhadas pela nova geração de pilotos que poderá brilhar mais adiante, como Jonathan Louis, Felipes Apezzatto, Felipe Granzotto, Rafael Azrak, João Jardim e Francisco Alfaia. “Eles não conseguem esconder a ansiedade pelo momento de acelerar o carro”, divertiu-se Giaffone, que conhece bem a experiência. “Também passei por isso quando saí do kart. Na primeira vez que fui andar num carro de corrida, não via a hora de entrar na pista. Eles fazem um monte de perguntas, querem saber de tudo, mas a verdade é que a maioria das respostas até já sabem. O que eles querem mesmo é falar sobre o carro para diminuir a aflição.”
Além da programação oficial, a pista de Jacarepaguá será aberta um dia antes para uma bateria de testes coletivos da Trofeo Línea e Fórmula Future Fiat, que integram o Racing Festival juntamente com a Hornet Super Sport 600 (motos).
O Racing Festival, apresentado pelo Banco Santander e Fiat, tem patrocínio da Shell, co-patrocínio da Pirelli e FPT e realização da RM Racing Events.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *