Trofeo Maserati: Campeonato de equipes é atração

Cada time somará a média de pontos dos seus pilotos que pontuarem. Medida visa trazer equilíbrio entre equipes que têm mais de dois carros.

Os campeonatos de pilotos e equipes do Itaipava Trofeo Maserati terão pontuações distintas em 2009. A dos pilotos segue o formato tradicional ― onde pontuam os dez primeiros colocados da corrida ―, com o vencedor marcando 15 pontos, o segundo colocado 12, o terceiro 10, o quarto com oito, o quinto com seis e, dali em diante, diminui de um em um até o décimo colocado, que soma 1 ponto.

Entretanto, como algumas equipes do Itaipava Trofeo Maserati possuem mais de dois carros ― na temporada passada alguns preparadores tinham quatro ―, foi formulado um novo sistema de pontuação para as equipes, de forma a manter a igualdade independente do número de carros.

O critério dá pontos aos cinco primeiros colocados, na seguinte ordem: 10, 7, 5, 3 e 1 ponto. Da sexta à décima posição o carro marca zero ponto. A equipe que colocar, por exemplo, dois carros entre os dez primeiros, dividirá pelo número de carros a soma dos pontos. “É um sistema que privilegia a regularidade e acaba com a diferença entre os times que têm mais de dois carros. Visamos, com isso, trazer estabilidade e equilíbrio ao campeonato, dando chances a quem tem apenas um ou dois carros”, explica Adriano Griecco, diretor técnico do Itaipava Trofeo Maserati.

Pontos de largada – Outra novidade do campeonato é a premiação de largada, que recompensará os pilotos com pontos. Para as corridas realizadas em São Paulo, cada piloto que largar já somará dois pontos à sua classificação final na prova. Nas etapas fora do Estado, os pilotos somarão três pontos a partir do sinal verde.

“Buscamos assim dar uma motivação extra aos competidores e manter o grid cheio”, explica Griecco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *