Trofeo Maserati: Cleber Faria conquista primeira vitória na carreira

Pole position teve muito trabalho durante a prova, mas consegui se manter na ponta e vener a terceira etapa do Itaipava Trofeo Maserati.

Devido a forte chuva que desabou sobre o Autódromo Internacional de Curitiba, a largada aconteceu com a presença do Safety Car e os carros em fila indiana, para evitar possíveis acidentes. Com problema no freio, o pole position André Posses não conseguiu completar a primeira volta na pista e perdeu o posto para Pedro Queirolo, que segundos antes havia ultrapassado Faria. “Sabia que largar em segundo com o Pedro em terceiro e a primeira curva para a direita seria perigoso”, disse o vencedor.

O último colocado, Renan Guerra ― que corre em dupla com Cláudio Dahruj ―, surpreendeu e pulou da décima segunda para a sétima posição. A partir de então, Renan Guerra iniciou uma bela corrida de recuperação. Na volta seguinte já estava na quinta posição e uma volta depois encostou no então vice-líder Cleber Faria. Ainda no mesmo giro assumiu a segunda colocação e continuou partindo para cima, mas desta vez do líder Queirolo, que estava sete segundos a frente. Pedro Queirolo foi chamado ao box para pagar um drive trough, por tentar ultrapassar Faria antes da largada, o que fez com que a liderança caísse no colo de Renan. No entanto a alegria durou pouco. Os problemas gerados pelo acidente no treino classificatório de sábado apareceram e fizeram o carro falhar. Chamado ao box, Renan não voltou mais à pista.

Na oitava volta a liderança voltava para Faria, que era seguido por Marçal de Mello, Queirolo, Guedes e Carlos Burza. Nos pit stops obrigatórios Faria manteve a ponta e foi caçado por Queirolo. Na sequência os dois companheiros do Itaipava Racing Team ultrapassaram Marçal, que retomou a posição de Queirolo. Na disputa da décima sexta volta o carro de Queirolo tocou o de Marçal, que rodou, deixando o posto para o líder do campeonato.

Em busca da liderança, o vencedor da etapa de Interlagos errou em uma curva no miolo do circuito saiu do traçado e retornou somente na quinta colocação. Eduardo Guedes, que fez uma ótima estratégia de pit stop, sendo um dos últimos a parar, assumiu a segunda posição, seguido por Burza. No 25ª giro Guedes marcou a melhor volta da corrida. “Antes da prova conversei com o Ricardinho Maurício (piloto do Itaipava GT3 Brasil), que é meu amigo desde criança, e ele me deu algumas dicas de onde frear com a pista molhada e também com a pista seca. Aproveitei os toques e também o acerto feito pela minha equipe. Agradeço muito a eles”, disse Guedes.

Na última volta um grande susto, Faria escapou no final da reta e Guedes o acompanhou. Por sorte ambos voltaram à pista. Final de prova sensacional. Cléber, que soube se defender dos ataques, venceu sua primeira corrida na temporada, seguido por Guedes e Burza/Samuel. “Foi a melhor corrida que já fiz, foi muito bom dirigir na chuva. O terceiro posto foi excelente”, afirma Burza.

Confira como terminou a terceira etapa do Itaipava Trofeo Maserati:

1º) 30 – Cleber Faria (SP), 27 voltas em 50min44s348 (média de 117,97 km/h)
2º) 9 – Edu Guedes (SP), a 0s581
3º) 81 – C.Burza/Samuel N. (SP), a 6s617
4º) 82 – Marçal de Melo (SP), a 21s162
5º) 33 – Bruno Garfinkel (SP), a 35s935
6º) 13 – Pedro Queirolo (SP), a 55s501
7º) 99 – Ricca (SP), a 1min05s566
8º) 7 – S.Laganá/R.Laganá (SP), a 1imn26s943
9º) 105 – Vanuê Faria (SP), a 1min33s106
10º) 17 – Marcello Sant’anna (SP), a 1 volta
11º) 37 – C.Dahruj/R.Guerra (SP), a 19 voltas
12º) 2 – André Posses (SP), a 24 voltas

Melhor Volta: Edu Guedes, 1:38.490 (135,05 km/h)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *