Trofeu Maserati: André Posses conquista primeira vitória na temporada

Corrida deste domingo começou movimentada pela chuva, que molhou o circuito na terceira volta, e terminou igualmente agitada em razão da disputa pelos demais lugares no pódio.

A quarta etapa do Itaipava Trofeo Maserati encerrou em Interlagos, em grande estilo, a rodada deste fim de semana do Itaipava GT Brasil, torneio que reúne, além da categoria monomarca dos supercarros italianos, a Copa Renault Clio e a Itaipava GT3 Brasil GT3. A corrida começou com pista seca, mas logo na terceira volta uma rápida chuva molhou todo o traçado e obrigou os pilotos, ainda de pneus slick, a redobrar a cautela.

Após 26 voltas, André Posses cruzou a linha de chegada com boa vantagem para o segundo colocado, mas a aparente tranqüilidade do primeiro colocado não refletiu a história da corrida. Além de perseguições na disputa pela liderança, a briga pelo segundo lugar também chamou a atenção e durou até a última volta.

André Posses chegou a ser pressionado por Cleber Faria, ganhador da etapa de Curitiba, e só passou a ter tranqüilidade na liderança depois que o adversário rodou na 20ª volta, quando restavam apenas sete minutos para o encerramento da etapa. Faria voltou à pista na quarta posição, e passou a ser pressionado pelo pole position Pedro Queirolo.

“Foi uma corrida tranqüila. Sofri pressão do Edu Guedes e do Cleber Faria, mas depois todo mundo atrás de mim teve algum tipo de problema e consegui minha primeira vitória na categoria”, disse o piloto de 24 anos. “Em relação ao final de semana, tivemos problemas com o câmbio o tempo todo, mas já no grid a equipe fez alguns ajustes, e consegui completar a corrida sem nenhum contratempo”, acrescentou Posses.

Queirolo conseguiu abrir caminho nas voltas finais, e rapidamente se aproximou do então segundo colocado, Bruno Garfinkel. Na última volta, os dois se tocaram na saída da curva da Junção, em um acidente que teve conseqüências também para Cleber Faria, que não conseguiu desviar e bateu em Queirolo. Os dois primeiros perderam posições, e quem levou a melhor foi a dupla Edu Guedes/Marcelo Skaf, que herdou a segunda posição.

“Fiz uma cirurgia no ombro e não conseguia levantar muito o braço. Achei que ia agüentar umas 15 voltas. O Marcelo correu muito bem e me ajudou bastante nesta etapa. Ele está de parabéns”, disse Guedes.

Cleber Faria continuou na pista depois do acidente que também envolveu Queirolo e Garfinkel, e ainda recebeu a bandeirada na terceira posição. “A corrida para mim foi emocionante desde o começo. Logo na largada perdi quatro posições, quase bati. Também tive alguns problemas de freio. Acabei errando duas vezes e quase bati no Edu (Guedes) na saída do Lago”, comentou Faria.

“Depois do acidente na última volta meu carro começou a soltar fumaça e achei que era o radiador. Fiquei com medo de ligar o carro e fundir o motor. Mas como estava na Curva da Junção, na última volta não tinha como não tentar concluir a prova. Fui devagar para cruzar a linha de chegada, mas como o Marcello (Sant’Anna) estava rápido atrás de mim, e eu não tive escolha: pisei fundo e consegui cruzar na terceira posição”, acrescentou.

A liderança na tabela de pontos mudou de mão em razão dos problemas enfrentados por Queirolo que, além do acidente, ainda rodou depois da parada obrigatória por ter, acidentalmente, esbarrado na chave geral do seu carro. Agora, o primeiro colocado é Farias, que soma 48 pontos. Queirolo é o segundo, com 46. Em terceiro está Bruno Garfinkel, com 35.

A próxima rodada dupla acontece em Londrina (PR), que pela primeira vez receberá os supercarros do Itaipava GT3 Brasil, nos dias 25 e 26 de julho.

Confira o resultado completo da prova:

1º) 2 – André Posses (SP), 26 voltas em 51:40.483 (média de 130,08 km/h)
2º) 9 – E.Guedes/M.Skaf (SP), a 13.554
3º) 30 – Cleber Faria (SP), a 29.465
4º) 17 – Marcello Sant’anna (SP), a 30.631
5º) 75 – H.Assunção/H.Martinez (SP), a 33.984
6º) 33 – Bruno Garfinkel (SP), a 35.148
7º) 16 – Linneu Linardi (SP), a 44.320
8º) 81 – Samuel Neto (SP), a 45.238
9º) 13 – Pedro Queirolo (SP), a 52.736
10º) 99 – Ricca (SP), a 1:23.386
11º) 7 – S.Laganá/R.Laganá (SP), a 1 volta
12º) 26 – Ricardo Straus (SP), a 1 volta
13º) 82 – M.Melo/W.Freire (SP), a 5 voltas
14º) 105 – Vanuê Faria (SP), a 21 voltas
15º) 37 – C.Dahruj/R.Guerra (SP), a 24 voltas

Melhor Volta: Cleber Faria, 1:46.233 (146,02 km/h)

Itaipava Trofeo Maserati: classificação do campeonato

1º) Cleber Faria, 48
2º) Pedro Queirolo, 46
3º) Bruno Garfinkel, 35
4º) André Posses, 34
5º) Edu Guedes/Marcelo Skaf, 33
6º) Marcelo Sant’Anna, 24
7º) Henrique Assunção/Humberto Martinez, 23
8º) Carlos Burza/Samuel Neto, 21
9º) C.Dahruj/R.Guerra, 20
10º) Marçal de Melo, 17
11º) Vanuê Faria, 15
12º) Rafael Derani e Marcelo Skaf, 14
14º) Ricardo Ribeiro, 13
15º) S.Laganá, 12
16º) Linneu Linardi, 8
Marcos Barros, 8
18º) Walter Derani e Ricardo Straus, 7
19º) V.Rossete, 6
F.Greco, 6
R.Laganá, 6
22º) Artur Bragantini, 4
23º) R.Ferreira, 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *