Truck: A festa da F-Truck chega à Santa Cruz do Sul

Prova da F-Truck é esperada desde 2005, ano de inauguração do autódromo gaúcho.

O Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul recebe finalmente a F-Truck, depois de quatro anos de espera do público da região de um dos maiores centros produtivos do estado do Rio Grande do Sul. Marcada para o próximo dia 25, essa é a oitava etapa do campeonato brasileiro de 2009 que chega a sua reta final depois de um ano de grande desenvolvimento da categoria, incluindo a consagrada apresentação em Buenos Aires no mês passado.

A cidade Santa Cruz do Sul e a Fórmula Truck já têm uma parceria iniciada ainda na construção do circuito. Na época, em 2005, a categoria ainda sobre o comando de Aurélio Batista Félix, não pode inaugurar o novo circuito brasileiro por dificuldades com a finalização da obra. Agora chegou a vez, e a F-Truck, no comando de Neusa Navarro Félix faz sua primeira apresentação no autódromo gaúcho. “Nós estivemos em Santa Cruz e solicitamos uma série de melhorias e fomos atendidos na medida do possível. Tenho certeza que faremos uma grande corrida com um público altamente satisfeito”, prognostica Neusa Félix.

Do lado esportivo, Santa Cruz do Sul recebe a F-Truck em um grande momento. O ano vem sendo de grandes disputas e nada está definido ainda quanto aos candidatos ao título de 2009. São 93 pontos em jogo nas três últimas etapas da temporada, o que matematicamente inclui pelo menos seis pilotos com possibilidades de ser campeão.
O paulista Valmir Benavides (Volkswagen) vem se mantendo na liderança desde a quarta etapa, quando venceu em Goiânia e com uma incrível regularidade de ter subido ao pódio nas sete etapas já realizadas. Hisgué como é conhecido treinou no circuito gaúcho e deu sua opinião em relação à prova de domingo (25). ”O traçado é bem seletivo com curvas de alta, média e baixa velocidades e com subidas e descidas. Aposto no grid com os mesmos desde o início da temporada, os dois Mercedes da ABF (Wellington Cirino e Geraldo Piquet), Roberval Andrade (Scania), os Volkswagen da RM Competições e os Ford (Djalma Fogaça e Adalberto Jardim)”,lembra Hisgué, que completa dizendo que a corrida deverá ser muito disputada e de difícil prognóstico para o pódio.

O principal adversário de Benavides que lidera a competição com 151 pontos, está dentro de sua própria casa. Com apenas 13 pontos atrás do líder aparece o também paulista Felipe Giaffone, seu companheiro de equipe na RM Competições. Giaffone venceu quatro provas nesse ano, incluindo as duas últimas em Londrina e Buenos Aires. Logo em seguida vem Roberval Andrade em terceiro, Geraldo Piquet em quarto, Renato Martins em quinto, Wellington Cirino em sexto e Djalma Fogaça em sétimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *