Truck: Beto Monteiro não vê a hora de pisar fundo em Cascavel

Pernambucano adora o traçado paranaense e tem ótimo retrospecto nele.

Nem os campeões escapam da ansiedade em iniciar suas jornadas em busca do título. Campeão brasileiro de Fórmula Truck em 2004, o pernambucano Beto Monteiro (Ford Racing Trucks/DF Motorsport) é um que já está mais do que pronto para acelerar na primeira prova do ano, que será realizada no Autódromo Internacional de Cascavel (PR), no próximo domingo, dia 11/03. “Não vejo a hora de correr. Quanto mais próxima fica a data de início, maior a ansiedade, ainda mais com um caminhão cheio de novidades e pronto para ser exibido ao grande público que estará presente”, afirma o único representante nordestino na modalidade. A abertura do certame em 2007 terá transmissão ao vivo da TV Bandeirantes, a partir das 14 horas.


O retrospecto de Beto Monteiro é bastante favorável no circuito da região Oeste do Paraná, já que ele obteve dois segundos lugares seguidos nas últimas participações, sendo um em 2004, ano em que foi campeão, e o mais recente no ano passado quando enfrentou desvantagens e mesmo assim se sobressaiu. Em 2005 a categoria não visitou o traçado cascavelense. “Gosto muito de correr em Cascavel e os resultados que tenho alcançado lá, geralmente muito bons, me dão mais ânimo de chegar e repetir as performances dos anos anteriores”, conta o piloto de Recife.


Comemorações e homenagens marcarão o forte ritmo da Ford Racing Trucks/DF Motorsport nesta abertura de temporada. Para simbolizar os 50 anos da Ford Caminhões no Brasil, os três caminhões da equipe foram pintados de verde e amarelo, e Beto Monteiro foi escolhido para usar o numeral deste marco em seu Ford Cargo 4432e MaxTon, normalmente representado pelo número 88, que ele mantém como tradição. “É uma honra carregar este número histórico da Ford durante esta temporada. Se tiver a oportunidade, quero mudar de numero no ano que vem também!”, brinca. “Se levar o 50 ao título, brindarei nossa montadora com o número um em 2008”, completa Monteiro, mostrando a sua determinação. O sorocabano Djalma Fogaça, seu companheiro de time, comemorará seus 25 anos de automobilismo com este número ao longo do ano.


Apesar de toda motivação, a competitividade da categoria é ressaltada pelo piloto da Ford Racing Trucks, que não descarta nenhuma surpresa na etapa de abertura da F-Truck. “Todas as equipes trazem evoluções para o começo da temporada, então fica difícil prever qualquer resultado. A Ford também tem suas novidades técnicas e, a partir do treino classificatório de sábado (10/3), teremos uma noção mais clara de qual equipe iniciará o ano na frente”, avalia Beto Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *