Truck: Beto Monteiro vence etapa de abertura em Guaporé

Pernambucano conduz o Scania ao primeiro lugar em sua estréia pela Roberval Motorsport e confirma potencial da equipe na luta pelo título.

Não poderia ter sido mais positiva a estréia de Beto Monteiro na equipe Roberval Motorsport. O piloto pernambucano conquistou, na primeira corrida que disputou com um caminhão Scania, a vitória na etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. A corrida foi disputada no Autódromo Internacional Nelson Luiz Barro, na cidade gaúcha de Guaporé, e teve Roberval Andrade, outro piloto da equipe, também no pódio, em terceiro lugar.

A chuva que molhou a pista 15 minutos antes da largada fez da corrida uma loteria. Alguns pilotos alternaram pneus dianteiros para pista seca e traseiros para asfalto molhado. Monteiro, décimo no grid, calçou seu caminhão com os seis pneus próprios para chuva. Com isso, no decorrer da prova, com a pista secando, segurou atrás de si um pelotão formado por vários dos pilotos que tinham optado por mesclar as duas opções de pneus.

Foi uma prova conturbada. A primeira intervenção do Pace Truck deu-se em função de um acidente com José Cangueiro, que bateu e abandonou. Valmir Benavides, que havia tomado a liderança de seu companheiro de equipe Renato Martins na primeira volta, perdeu-a na relargada para o paranaense Wellington Cirino. Na 12ª volta, Pedro Muffato, tocado por Fred Marinelli, saiu da pista e ficou com o caminhão atolado na grama, bastante danificado.

À nova intervenção do Pace Truck, programada para a 12ª volta de cada corrida, os seis primeiros eram Cirino, Benavides, Geraldo Piquet, Vinicius Ramires, Monteiro e Felipe Giaffone. Dada a relargada, Ramires subiu ao terceiro lugar. No final das retas dos boxes, teve um toque com Piquet, que rodou e bateu nos pneus, ocasionando uma nova bandeira amarela à prova. Duas voltas após a terceira relargada, a chuva voltou a cair sobre o autódromo.

A mudança drástica na condição de aderência ocasionou outro acidente. Piquet rodou, cruzou a pista desgovernado e acabou acertando os caminhões de Luís Zappelini e Débora Rodrigues, devolvendo o Pace Truck à pista. Cirino tinha pneus para pista seca e perdeu rendimento. Ramires foi punido com time penalty por ultrapassagem sob bandeira amarela. Com isso, Monteiro acabou beneficiado e assumiu o primeiro lugar na corrida.

Nas voltas finais, já líder, Monteiro foi muito pressionado por Benavides, valendo-se da opção pelos pneus apropriados à condição de chuva para se manter como líder e voltar a vencer na categoria. Só duas marcas alcançaram o primeiro pódio do ano na Fórmula Truck. Monteiro e Andrade, os dois pilotos da Roberval Motorsport, foram primeiro e terceiro com Scania. Benavides, Martins e Débora, todos de Volks, foram segundo, quarto e quinto.
 
Depois de 22 voltas, o resultado final da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck foi o seguinte:
1º) Beto Monteiro (PE/Scania), Roberval Motorsport, 1h01min35s674
2º) Valmir Benavides (SP/Volkswagen), RM Competições, a 0s885
3º) Roberval Andrade (SP/Scania), Roberval Motorsport, a 4s263
4º) Renato Martins (SP/Volkswagen), RM Competições, a 14s295
5º) Debora Rodrigues (SP/Volkswagen), RM Competições, a 23s702
6º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen), RM Competições, a 38s030
7º) Diumar Bueno (PR/Volvo), Bueno Race Truck, a 40.835
8º) Vignaldo Fizio (SP/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 41s142
9º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 43s358
10º) Fabiano Brito (PR/Volvo), ABF Volvo, a 49s803
11º) Vinicius Ramires (SP/Mercedes-Benz), RRT2, a 50s261
12º) Fred Marinelli (SP/Iveco), Marinelli Competições, a 52s270
13º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 1 volta
14º) Chico Serra (SP/Ford), Djalma Fogaça Motorsport, a 1 volta
15º) Luís Zappellini (SP/Volvo), ABF Volvo, a 2 voltas
16º) Pedro Muffato (PR/Scania), MP Motorsport, a 10 voltas
17º) Leandro Totti (PR/Ford), Londrina Truck Racing, a 13 voltas
18º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 13 voltas
19º) José Cangueiro (SP/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 14 voltas
 
Fotos: Orlei Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *