WTCC: Farfus reconhece superioridade da SEAT

“Vamos ter de correr para descontar a diferença”, diz brasileiro.

A expressão serena do paranaense Augusto Farfus depois da rodada dupla inaugural do WTCC – Campeonato Mundial de Carros de Turismo da FIA era a mais perfeita tradução da superioridade exibida pela SEAT sobre a BMW em Curitiba. Terceiro colocado na primeira bateria e sexto na segunda, Farfus reconheceu sem meias palavras que os carros espanhóis estão um passo à frente dos alemães neste início de temporada.


“Os carros da BMW são fantásticos, mas o motor turbodiesel do SEAT Leon está mais rápido. Na reta, eles levavam enorme vantagem sobre nós. Mesmo com a redução da pressão do turbo, continuou muito difícil. Nem dava para tentar pegar o vácuo. Acho que em ritmo de corrida, sem tráfego, talvez ainda sejamos mais velozes. Mas, contra a potência do turbo, não há nada que possamos fazer”, explicou o brasileiro.


Farfus fez um balanço positivo do final de semana. “Andei sempre entre os primeiros durante todos os treinos. E o primeiro resultado foi ótimo. O segundo, nem tanto, porque acho que levei um toque no início da corrida e me atrasei um pouco. De qualquer forma, o campeonato está apenas começando. Tenho certeza que a BMW vai trabalhar duro para diminuirmos a diferença.”


Apesar de confiar na reação da casa de Munique, Farfus admite que não será fácil chegar ao primeiro título numa categoria onde estreou em 2005 e tem como resultados dois terceiros e um quarto lugares. “Este é meu sonho e vou prosseguir na luta. Realisticamente, porém, será novamente um grande desafio. Mas, repito, o calendário está apenas no início e ainda tem muita coisa para acontecer.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *