Truck: Campo Grande é a pista de Cirino

Todo piloto tem uma pista preferida, mas tem uma que pode ser considera a sua pista. A de Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, está pista é a de Campo Grande. Ele competiu três vezes na capital do Mato Grosso do Sul, largando na pole nas três (2001. 2003 e 2004) e ganhando duas (2001 e 2003).

Cirino tem excelente retrospecto em Campo Grande. A Fórmula Truck realizou quatro provas na capital sul-mato-grossense (2001, 2003, 2004 e 2005). Em 2004 Cirino largou na pole position e liderou até a 19ª volta, quando com problemas nos freios perdeu a liderança, terminando na quarta colocação.

Como ele participou de três porque no ano passado estava recuperando-se do acidente que sofreu em Londrina, o retrospecto é excelente. Cirino tem 75% de aproveitamento no quesito vitórias. Já com relação a pole positions, seu aproveitamento é de 100%.

“Temos bom retrospecto em Campo Grande e vamos lutar para manter o mesmo aproveitamento. Vamos trabalhar para largar na frente e vencer, Mas a preocupação maior será voltar a liderança”, diz Cirino, que está na vice-liderança, com 56 pontos, 10 a menos do que o líder Pedro Muffato.

Cirino argumenta que a equipe está trabalhando para que o novo motor tenha maior resistência, sem perca de potência. “A meta em Campo Grande e largar na frente e terminar a corrida. Assim temos grandes possibilidades de voltarmos à liderança”, acentua Cirino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *