Truck: Cancelamento de treino atrapalha trabalho do líder Geraldo Piquet

A chuva que caiu no final da tarde de sexta-feira na capital sul-mato-grossense cancelou os testes de catalisador que Geraldo Piquet tinha programado.

As fortes chuvas com ventos que caíram no final da tarde de hoje (sexta-feira) em Campo Grande (MS), cancelou o segundo treino livre da quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. A prova será realizada domingo (dia 14/9), com largada às 13 horas (horário de Brasília). Em função do cancelamento do treino, os dois treinos programados para amanhã serão prolongados. O segundo será das 8h45 às 10h15 e o quarto das 11 às 12h20.


O cancelamento do segundo treino atrapalhou o cronograma de trabalho de Geraldo Piquet, da equipe ABF/Mercedes-Benz, líder da temporada com 98 pontos, seis a mais do que Wellington Cirino, seu companheiro de equipe. Geraldo diz que não deu para testar muita coisa no primeiro treino e o cancelamento do segundo treino impossibilitou de testes com o catalisador. “Nosso cronograma foi prejudicado e teremos que trabalhar muito nos treinos deste sábado”, afirma Piquet, que foi o 13º mais rápido da sexta-feira com o tempo de 1m49s780.


Já Wellington Cirino, que fez o segundo melhor tempo da sexta-feira com o tempo de 1m47676, ficando a apenas 11 milésimos de segundos de Valmir Benavides, o mais rápido do dia, comentou que procurou apenas acertos de suspensão. “Esperamos que seja possível testar o catalisador nos treinos deste sábado, mas a preocupação será acertar o caminhão para o treino classificatório e a corrida. Vamos torcer para que o tempo melhore”, afirma Cirino, que venceu as duas últimas etapas, realizadas em São Paulo e Londrina.


 


Tempos do primeiro treino livre da F-Truck em Campo Grande
1º) Valmir Benavides (SP), Volkswagen, 1m47s655


2º) Wellington Cirino (PR), Mercedes-Benz, 1m47s676


3º) Fred Marinelli (SP), Iveco, 1m48s336


4º) Felipe Giaffone (SP), Volkswagen, 1m48s380


5º) Fabiano Brito (PR), Volvo, 1m48s445


6º) Roberval Andrade (SP), Scania, 1m49s070


7º) Renato Martins (SP), Volkswagen, 1m49s183


8º) Vinicius Ramires (SP), Mercedes-Benz, 1m49s324


9º) Leandro Totti (PR), Ford, 1m49s450


10º) Djalma Fogaça (SP), Ford, 1m49s544


11º) Beto Monteiro (PE), Scania, 1m49s546


12º) Adalberto Jardim (SP), Iveco, 1m49s610


13º) Geraldo Piquet (DF), Mercedes-Benz, 1m49s780


14º) Pedro Muffato (PR), Scania, 1m50s845


15º) Vignaldo Fizio (SP), Mercedes-Benz, 1m50s889


16º) José Cangueiro (SP), Mercedes-Benz, 1m51s153


17º) Débora Rodrigues (SP), Volkswagen, 1m52s424


18º) Jonatas Borlenghi (SP), Ford, 1m53s128


19º) Diumar Bueno (PR), Volvo, 1m54s117


20º) Regis Boéssio (RS), Volvo, 1m55s888


21º) Adilson Cajuru (SP), Iveco, 1m56s891


22º) Gaston Mazzacane (Arg), Mercedes-Benz, 2m23s272


23º) Leandro Reis (GO), Volkswagen, 2m28s687

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *