Truck: Cirino larga na pole position em Londrina

O tricampeão da categoria conquistou a sua 21ª pole position na categoria e agora busca a vitória para subir na classificação do campeonato.

O paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, larga na pole position na sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, a ser disputada amanhã (domingo), a partir das 13 horas, no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina. No treino classificatório de hoje, ele fez o tempo de 1m38s544. A chuva caiu no início do Superclassificatório e com isso os cinco pilotos que voltariam à pista para brigar pela pole abortaram.


Felipe Giaffone, da Volkswagen, com 39 milésimos de segundos mais lendo do que Cirino, será o segundo colocado no grid, seguido por Renato Martins (Volkswagen), Valmir Hisgué Benavides (Volkswagen), Beto Monteiro (Scania), Roberval Andrade (Scania), Fred Marinelli (Ivevo), Djalma Fogaça (Ford), Adalberto Jardim (Iveco) e Luiz Carlos Zappellini (Volvo), que pela ordem, fecham as 10 primeiras colocações do grid de largada.


Esta será a segunda pole de Cirino na temporada e a 21ª na categoria, ampliando o recorde de poles. Ele também largou na frente na etapa anterior, disputada em São Paulo, e venceu de ponta a ponta. Com a pole, Cirino somou um ponto e passa a somar 62, permanecendo na quinta colocação. O líder é Geraldo Piquet, também da equipe ABF/Mercedes-Benz, que tem 98 pontos. No entanto, ele bateu no último treino livre e vai largar apenas na 23ª colocação.


Segundo Cirino, largando na frente, seu objetivo será manter a ponta na largada e tentar abrir logo nas primeiras voltas para tentar evitar a pressão de Giaffone, Renato e Benavides. “Vou acelerar forte e buscar esta vitória para melhorar na classificação do campeonato. Ganhando, poderei chegar até a vice-liderança, dependendo dos resultados do Roberval, Giaffone e do Benavides”, acentua Cirino.


 


Grid de largada da Fórmula Truck em Londrina
1º) Wellington Cirino (PR), Mercedes-Benz, 1m38s544


2º) Felipe Giaffone (S:P), Volkswagen, 1m38s583


3º) Renato Martins (SP), Volkswagen, 1m38s620


4º) Valmir Benavides (SP), Volkswagen, 1m38s862


5º) Beto Monteiro (PE), Scania, 1m39s056


6º) Roberval Andrade (SP), Scania, 1m39s343


7º) Fred Marinelli (SP), Ivevo, 1m39s454


8º) Djalma Fogaça (SP), Ford, 1m39s572


9º) Adalberto Jardim (SP), Iveco, 1m39s641


10º) Luiz Carlos Zappellini (SC), Volvo, 1m39s666


11º) Diumar Bueno (PR), Volvo, 1m39s836


12º) Fabiano Brito (PR), Volvo, 1m39s024


13º) Leandro Totti (PR), Ford, 1m39s945


14º) Vignaldo Fizio (SP), Mercedes-Benz, 1m40s347


15º) Jonathas Borlenghi (SP), Ford, 1m40s555


16º) Regis Boéssio (RS), Volvo, 1m40s944


17º) Pedro Muffato (PR), Scania, 1m41s130


18º) José Cangueiro (SP), Mercedes-Benz, 1m41s633


19º) Adilson Cajuru (SP), Iveco, 1m42s247


20º) José Maria Reis (GO), Volkswagen, qm43s427


21º) Leandro Reis (GO), Volkswagen, sem tempo


22º) Gaston Mazzacane (Arg), Mercedes-Benz, desclassificado por fumaça


23º) Geraldo Piquet (DF), Mercedes-Benz, sem tempo


24º) Débora Rodrigues (SP), Volkswagen, sem tempo


25º) João Maistro (PR), Volvo, sem tempo


26º) Vinicius Ramires (SP), Mercedes-Benz, sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *