Truck: Cirino marca a pole em Tarumã

Ao garantir a pole position para a oitava e última etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, ao paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, cumpriu a primeira parte de seus objetivos. Ele busca a vitória na prova a ser disputada amanhã (domingo), a partir das 14 horas, no Autódromo de Tarumã, em Viamão, na Grande Porto Alegre, para adiar a decisão do campeonato para a última etapa da temporada, marcada para o dia 10 de dezembro, em Brasília. Renato Martins será campeão por antecipação se sair de Tarumã com uma vantagem de 29 pontos para o vice-líder.

No treino classificatório de hoje à tarde, Cirino fez o tempo de 1:21.018, andando à média horária de 134,014 km/h. Esta é a quarta pole position dele em Tarumã (largou na frente em 2001, 2003 e 2004). Ele é também o recordistas de pole na categoria, agora somando 19 vezes na primeira colocação. Cirino já venceu no Autódromo de Tarumã em 2001, 2002 e 2004. Em 2004 ganhou, mas perdeu a vitória em função de uma penalização dos comissários por ter se tocado com Djalma Fogaça na Curva da Vitória, na última volta. No ano passado foi o segundo colocado, numa chegada emocionante, daquelas definidas no fotochart. A diferença foi de apenas 0s086.


Em segundo largará Adalberto Jardim, da Volkswagen, que ficou 0s348 atrás de Cirino. O terceiro será o atual líder do campeonato, Renato Martins (Volkswagen), que sai à frente de Beto Monteiro (Ford), Djalma Fogaça (Ford), Leandro Totti (Ford), Pedro Muffato (PR), Luiz Carlos Zappellini (Ford), Débora Rodrigues (Volkswagen) e Vinicius Ramires (Mercedes-Benz), que pela ordem fecham as 10 primeiras colocações do grid de largada.


Segundo Cirino, para a corrida precisará fazer pequenos ajustes do caminhão, mas ele está muito competitivo. “Realizamos um bom trabalho hoje. Na volta da Super Pole, errei na entrada da reta, mas mesmo assim garanti a melhor colocação. Dava para abaixar de 1:20s. Para a corrida, vamos fazer alguns ajustes e buscar esta vitória, na expectativa de adiar a decisão do campeonato para Brasília. O Renato tem muitas chances de sair daqui campeão, mas temos que fazer a nossa parte e vencer a corrida”, afirma Cirino.


Geraldo Piquet, companheiro de Cirino na equipe ABF/Mercedes-Benz, largará em 13º, com o tempo de 1:22.404. Sua expectativa é de marcar pontos, de preferência estando no pódio. “Não pude participar dos dois treinos livres de hoje, em decorrência de problemas no motor. Vamos nos preocupar primeiro em terminar a corrida, depois em pontuar e em terceiro, buscar um lugar ao pódio”, acentua Geraldo Piquet.


Grid de largada da Fórmula Truck em Tarumã:
1º) Wellington Cirino (PR), Mercedes-Benz, 1m21s018
2º) Adalberto Jardim (SP), Volkswagen, 1m21s366
3º) Renato Martins (SP), Volkswagen, 1m21s451
4º) Beto Monteiro (PE), Ford, 1m21s663
5º) Djalma Fogaça (SP), Ford, sem tempo
6º) Leandro Totti (PR), Ford, 1m21s899
7º) Pedro Muffato (PR), Scania, 1m21s947
8º) Luiz Carlos Zappellini (SC), Ford, 1m21s969
9º) Débora Rodrigues (SP), Volkswagen, 1m22s025
10º) Vinicius Ramires (SP), Mercedes-Benz, 1m22s112
11º) Roberval Andrade (SP), Scania, 1m22s145
12º) Fabiano Brito (PR), Volvo, 1m22s401
13º) Geraldo Piquet (DF), Mercedes-Benz, 1m22s404
14º) João Maistro (PR), Scania, 1m22s904
15º) Fred Marinelli (SP), Iveco, 1m22s976
16º) José Cangueiro (SP), Mercedes-Benz, 1m23s831
17º) Eduardo “Macarrão” Fraguas (SP), Ford, 1m24s263
18º) José Maria Reis (GO), Scania, 1m25s313
19º) Regis Boessio (RS), Volkswagen, 1m25s637
20º) Clodoaldo Monteiro (SC), Volkswagen, 1m26s610
21º) Diumar Bueno (PR), Volvo, 2m07s692
22º) Vignaldo Fizio (SP), Mercedes-Benz, sem tempo
23º) Beto Napolitano (SP), Volkswagen, sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *