Truck: Cirino vai mexer na relação de marchas

Sétimo colocado no grid de largada, com 1m21s845, o paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, irá mexer na relação de marchas de seu Mercedes-Benz Axor 2044 para a sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, a ser disputada amanhã (domingo), no Autódromo Internacional de Cascavel, na região Oeste do Paraná, partir das 14 horas. Atual campeão e último vencedor da Fórmula Truck em Cascavel, Cirino disse que seu câmbio está longo e por isso perdeu tempo na briga pela pole position.



Segundo Cirino, acertando a relação de marchas para a corrida, tem boas chances de brigar pela vitória. “Não conseguimos os acertos ideais para o treino classificatório. Vamos testar as mudanças no warm-up e estamos confiantes que poderemos marcar bom número de pontos”, afirma Cirino.



Já Geraldo Piquet, companheiro de Cirino na equipe ABF/Mercedes-
Benz, disse que errou por duas vezes na hora de colocar a oitava simples, perdendo tempo. Ele vai largar em 11º, com o tempo de 1m22s425. “Por duas vezes a oitava simples não entrou. Se tudo tivesse ocorrido bem, poderíamos estar na quarta fila”, acentua Piquet.



O pole position será o paulista Renato Martins, da Volkswagen, com o tempo de 1m20s562. Em segundo sai Roberval Andrade (SP), que se classificou à frente de Vinicius Ramires (SP), Beto Monteiro (PE), Djalma Fogaça (SP) e Pedro Muffato (PR), que pela ordem, fecham as seis primeiras posições dói grid de largada.



Dois pilotos não correm em Cascavel em função de acidentes. Regis Boessio, da Iveco, e Herberto Heinen, da Volkswagen, bateram e destruíram seus caminhões no “Curvão”. Boessio nos treinos livres de ontem e Heinen no classificatório de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *