Truck: Corrida de Londrina marca o aniversário de 50 anos de Djalma Fogaça

Nascido no dia 07 de abril de 1963, piloto e chefe da equipe 72 Sports demonstra otimismo com o desenvolvimento do caminhão Ford usado pelo time

Completar 50 anos de idade é um marco especial na vida de qualquer pessoa. E poder comemorar essa data de uma maneira única é praticamente um plano ideal. Para Djalma Fogaça, quis o destino que o dia do seu aniversário de 50 anos coincidisse justamente com um domingo de corrida. Expoente de uma geração de pilotos formados no Brasil no fim da década de 80, Fogaça fará sua festa de aniversário no autódromo de Londrina, no Paraná, que recebe neste fim de semana a segunda etapa da Fórmula Truck em 2013.

“Acho legal ver que o pessoal que torce está curtindo isso. Vão muitos amigos meus para Londrina acompanhar a corrida. Minha mulher e meu filho, que raramente vão para as minhas corridas, também estarão comigo. Tem sido uma experiência bem legal e, sem dúvida, vai ser um dia especial”, comenta Fogaça.

Campeão brasileiro de Fórmula Ford e Fórmula Chevrolet – respectivamente em 1989 e 1992 – Djalma Fogaça passou pelas principais categorias do automobilismo brasileiro, disputou uma temporada da F-Opel na Europa e estreou na F-Truck em 1997. Foram sete vitórias e 11 pole-positions até 2009, quando deixou os cockpits para se dedicar ao cargo de chefe-de-equipe da 72 Sports. Mas voltou a vestir macacão e capacete no final da temporada 2012, para retornar ao grid com força total neste ano.

“É normal ficar um pouco sem ritmo de corrida depois de três anos longe das pistas, mas acredito já ter encontrado um bom ritmo. Mas o fato de você ser citado pelos adversários que andam na frente como um dos favoritos à conquista de bons resultados neste ano, e já no início da temporada, é algo muito especial”, destaca o piloto, que aposta no potencial do seu caminhão Ford Cargo para a etapa de Londrina.

“O caminhão está bem preparado e sempre andamos bem em Londrina, com vitórias e pole-positions. Não tem por quê a gente pensar em ir para lá e não fazer um trabalho legal. Temos algumas novidades para experimentar no caminhão. Trabalhamos muito com a distribuição de peso e parece que conseguimos evoluir”, completa.

Fogaça foi um dos destaques da abertura do campeonato 2013, realizada em Tarumã, no Rio Grande do Sul, há cerca de um mês, ao comprovar que não perdeu a velocidade e a competitividade que marcaram sua carreira mesmo após três anos sem pilotar. Figurando entre os primeiros em todos os treinos, o 11º lugar na corrida foi atribuído à falta de ritmo. “Quando você volta, sente a falta de ritmo. É difícil controlar, especialmente o trecho do radar”, disse ele logo após aquela prova. Assim, com um ritmo de corrida melhor, um caminhão de potencial comprovado e o apoio dos amigos e da família numa data especial, Djalma Fogaça parte para mais um desafio na sua carreira com a jovialidade de um estreante.

Confira abaixo a programação para a etapa de Londrina da Fórmula Truck:

Sexta-feira – 05/4
11h às 12h – Treino livre 1
14h às 15h – Treino livre 2

Sábado – 06/4
8h às 9h – Treino livre 3
10h às 11h – Treino livre 4
13h – Treino classificatório
14h45 – Top Qualifying

Domingo – 07/4
9h – Warm-up
13h10 – Largada – 2ª etapa da temporada 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *