Truck: Curitiba tem primeira fila do grid formada por campeões em Curitiba

A sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, que será disputada amanhã (domingo), a partir das 14 horas, em Curitiba, no Paraná, terá a primeira fila do grid de largada formada por campeões.


O paulista Renato Martins, da Volkswagen, campeão de 1996, será o pole position, com o tempo de 1:42.168, andando à média horária de 130,197 km/h. Ela havia sido o segundo colocado na primeira parte do treino e garantiu a primeira colocação no Super Pole. O segundo colocado será o paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, com o tempo de 1:42.850. Cirino é o único tricampeão da categoria, tendo conquistado os títulos de 2001. 2003 e 2005, além de ser vice-campeão em 2002 e 2004.


Vinicius Ramires (Mercedes-Benz), que havia sido o mais rápido na primeira parte do treino classificatório, com 1m42s451, queimou o radar no Super Pole e sairá em quinto, tempo.


A prova de Curitiba também será marcada pelo duelo de marcas entre a Mercedes-Benz e a Volkwagen. Entre os cinco primeiros do grid de largada, a Mercedes terá três pilotos (Wellington Cirino, Vignaldo Fizio e Vinicius Ramires), enquanto que a Volks terá Renato Martins e Adalberto Jardim.


Cirino confiante

Mesmo queixando-se de dor na perna esquerda, ainda em conseqüência do acidente sofrido em Londrina no ano passado, e de dor no braço direito em decorrência de uma distensão sofrida no primeiro treino livre de hoje, Cirino mostra-se confiante para a corrida. “Voltamos a ter um caminhão competitivo e para a corrida as perspectivas são promissoras. Vou tentar tomar a liderança logo na largada para poder comandar a corrida. O Renato e o líder do campeonato e se largar na frente será muito difícil passá-lo. Tenho que agradecer a toda a equipe pelo trabalho que realizou depois da etapa de Cascavel, para que pudéssemos novamente brigar pelas primeiras colocações”, afirma Cirino.


Geraldo Piquet, o outro piloto da equipe ABF/Mercedes-Benz, largará em 12ª e também se mostra confiante para a corrida. Ele diz que fez o treino classificatório de forma conservadora para não ser desclassificado por fumaça, como ocorreu em Cascavel. Para a corrida seu objetivo é partir para cima também desde o início. “O caminhão está bem melhor do que nos treinos livres e vamos brigar por um lugar ao pódio”, acentua Piquet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *