Truck: ‘Deus me salvou’, afirma Piquet

As primeiras palavras de Geraldo Piquet logo após ser retirado do caminhão pela equipe médica, ao repórter Luiz Silvério, da Bandeirantes, foi: “Deus me Salvou”.

Segundo Geraldo, sofrer o acidente forte como o de hoje e sair ileso, só com a ajuda de Deus. Ao comentar o acidente ele disse que Vinicius Ramires lhe tocou na traseira, ocasionando sua rodada. “Rodei e fui contra o muro. A partir do toque, fiquei desgovernado”, afirma Geraldo.

Sobre o lance da Curva Um, antes do acidente, Geraldo diz que tentou passar por dentro e chegou a atravessar o caminhão, mas não sentiu se foi tocado por Ramires ou não. “Acho que na Curva um foi coisa normal de corrida. Mantive meu caminhão dentro da faixa delimitada para quem está por dentro. Se houve toque foi mínimo, que não deu nem para perceber. Já sobre o segundo, acho que o Ramires podia ter evitando porque já tinha lhe ultrapassado”, acentua Geraldo, que venceu a etapa de abertura da temporada, realizada no mês passado em Cascavel e liderava o campeonato, com 28 pontos, até Tarumã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *