Truck: Geraldo Piquet abandona prova de Londrina com motor quebrado

Etapa paranaense foi com muitos problemas para o piloto brasiliense.

A expectativa de realizar uma prova de recuperação em Londrina, Paraná, durante a 6ª etapa da Fórmula Truck, foi por ‘água abaixo’ para Geraldo Piquet. Largando na 18ª colocação, o objetivo era terminar a prova na zona dos pontos. Mas infelizmente o motor do Mercedes-Benz numeral 3 não agüentou e quebrou na 18ª volta, obrigando Piquet abandonar a corrida. O vencedor foi Felipe Giaffone, com um caminhão Volks. “Já de manhã no warm-up percebemos que estávamos com problema no catalisador para tirar fumaça. Este problema já vinha desde a etapa de São Paulo. Durante a prova meu motor já estava fraco e não conseguia me aproximar da Débora Rodrigues (Volks) que estava à minha frente. Não dava para fazer muita coisa nesta etapa”, disse o piloto da ABF Competições.

 
Para a próxima etapa que acontece no dia 20 de setembro, em Buenos Aires, Argentina, Geraldo Piquet acredita que a equipe precisa rever o projeto do caminhão. “No ano passado tínhamos um caminhão não tão bom de classificação, mas muito forte de corrida. Este ano está acontecendo justamente o contrário. Nosso caminhão perde muito durante a corrida. Vamos conversar bastante para voltarmos a ter um caminhão competitivo”, comentou Piquet. Com o abandono neste domingo, Geraldo caiu para a 6ª colocação no campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *