Truck: Geraldo Piquet vence no Ceará e assume vice-liderança do campeonato

Brasiliense conquistou sua sexta vitória na categoria, a segunda consecutiva no circuito de Eusébio.

Neste domingo (26/04), com forte calor e sem a chuva que marcou os dias de treino, foi disputada em Eusébio, Ceará, a segunda etapa da Fórmula Truck 2009. O brasiliense Geraldo Piquet, com um caminhão da Mercedes-Benz, confirmou o favoritismo de largar na pole position e venceu a corrida de ponta a ponta. Na segunda colocação chegou Wellington Cirino, seu companheiro na equipe ABF Competições. “Pela característica do circuito sabíamos que largar na pole seria uma grande vantagem. Foi uma corrida boa e tranqüila. O único momento de apreensão foi antes do reagrupamento obrigatório, quando houve um acidente e a direção de prova não colocou o caminhão de segurança na pista. Mas tirei o pé e os pilotos atrás respeitaram. Depois foi uma prova normal”, comentou o brasiliense.

Ainda assim a prova teve a intervenção do ‘Pace-Truck’ por duas vezes. Uma obrigatória para reagrupamento dos pilotos e outra para retirar os pilotos que foram parar na caixa de brita por conta de óleo na pista. Geraldo não perdeu a liderança em nenhum momento. “O caminhão estava muito bom. Antes da largada deu uns pingos de chuva e até preocupou. Mas foi apenas uma ameaça e a corrida acabou sendo tranqüila. Agora é trabalhar para Caruaru”, comentou Geraldo sobre a próxima etapa que será no dia 17 de maio em Caruaru, Pernambuco.

Com a vitória deste domingo, Geraldo Piquet alcançou a vice-liderança do campeonato com 41 pontos, seis a menos que o líder Felipe Giaffone – quarto colocado na corrida deste domingo. Foi a sexta vitória do brasiliense na categoria e a segunda no traçado cearense. Em quatro provas disputadas no Ceará pela Fórmula Truck, Piquet e a Mercedes-Benz são os maiores vencedores, com duas conquistas consecutivas.

Resultado da 2ª etapa:

1) Geraldo Piquet (DF) – Mercedes-Benz, 50 voltas em 1h00m45s857;
2) Wellington Cirino (PR) – Mercedes-Benz, a 0s932;
3) Valmir Benavides (SP) – Volkswagen, a 3s774;
4) Felipe Giaffone (SP) – Volkswagen, a 3s860:
5) Fabiano Brito (PR) – Volvo, a 34s805;
6) Vignaldo Fizio (SP) – Mercedes-Benz, a 41s626;
7) Fred Marinelli (SP) – Iveco, a 1min01s085;
8) João Maistro (PR) – Volvo, a 1 volta;
9) José Cargueiro (SP) – Mercedes-Benz, a 1 volta;
10) Pedro Muffato (PR) – Scania, a 1 volta;
11) Zé Maria Reis (GO) – Scania, a 3 voltas;
12) Renato Martins (SP) – Volkswagen, a 4 voltas;
13) Leandro Reis (GO) – Scania, a 9 voltas;
14) Djalma Fogaça (SP) – Ford, a 12 voltas;
15) Adilson Cajuru (SP) – Iveco, a 14 voltas;
16) Roberval Andrade (SP) – Scania, a 23 voltas;
17) Urubatan Helou Júnior (SP) – Ford, a 28 voltas;
18) Egon Allgaeuer (AUS) – Man, a 30 voltas;
19) Beto Monteiro (PE) – Iveco, a 32 voltas;
20) Danilo Dirani (SP) – Volvo, a 33 voltas;
21) Diumar Bueno (PR) – Volvo, a 33 voltas;
22) Leandro Totti (PR) – Ford, a 37 voltas;
23) Débora Rodrigues (SP) – Volkswagen, a 49 voltas.  

Os cinco primeiros no campeonato:

1) Felipe Giaffone (SP) – Volkswagen, 47 pontos
2) Geraldo Piquet (DF) – Mercedes-Benz, 41;
3) Valmir Benavides (SP) – Volkswagen, 36;
4) Renato Martins (SP) – Volkswagen, 26;
5) Wellington Cirino (PR), Mercedes-Benz, 26 pontos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *