Truck: Goianos farão corrida de recuperação em casa

Zé Maria e Leandro Reis, da Original Reis Competições, ultrapassam limite de velocidade e perdem posições no grid de largada.

A corrida da 4ª etapa da Fórmula Truck será de muitas emoções para os pilotos Zé Maria e Leandro Reis, da equipe goiana Original Reis Competições. Os dois foram pegos no radar e, com isso, tiveram suas posições recolocadas para a largada da corrida deste domingo (14), em Goiânia. Zé Maria larga em 22º e Leandro Reis sai da 7º posição.

Leandro Reis, mesmo tendo enfrentado problemas no motor no início do dia, chegou a liderar o treino classificatório com o tempo de 1min47s998, o que o levou ao Top Qualifying. Mas, na segunda passagem ultrapassou a velocidade limite do radar (160 km/h) e foi para o 7º lugar.

O outro piloto da Original Reis Competições, Zé Maria, foi o primeiro a queimar o radar durante a tomada de tempo. Ele passou a 164 km/h e foi para o final do grid. Zé Maria havia marcado 1min48s300 tempo que também o colocaria no Top Qualifying, entre os oito melhores tempos. “Largar de trás é sempre mais complicado. Mas, é possível brigar pelas primeiras posições”, disse.

A programação deste domingo no autódromo de Goiânia começa às 9 horas com o warm-up. A largada para a 4ª etapa da Fórmula Truck está marcada para às 13h10, com transmissão ao vivo pela Band.

MANHÃ – Apesar da queima de radar Zé Maria e Leandro Reis tem em seu favor o bom acerto dos caminhões Scania da equipe Original Reis Competições. Os dois pilotos não andaram no 4º treino livre para fazer acertos em seus equipamentos. A equipe precisou trocar o motor do caminhão nº 51, de Leandro. A peça, que já havia sido trocada na sexta-feira precisou de nova troca momentos antes da classificação para a 4ª etapa. No caminhão 12, de Zé Maria, a equipe precisou fazer reparos no catalizador e, por isso, o piloto não pode ir para a pista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *