Truck: Líder e vice-líder largam na primeira fila

O Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck começa a pegar fogo já classificação, que aconteceu neste sábado no autódromo de Curitiba (PR).

O piloto Roberval Andrade, vice-líder da disputa, larga na segunda posição atrás apenas do seu ex-companheiro de equipe Felipe Giaffone. A disputa pelo título da categoria continua aberta e com plenas condições de mudança, durante a prova deste domingo.

Na briga durante todo o final de semana, Roberval Andrade chegou a liderar treinos e esperava uma boa colocação na classificação. A disputa por uma posição no grid de largada acontece em duas etapas na Fórmula Truck. Primeiramente entram os pilotos, um a um, para uma classificação simples. Após o término desta bateria os cinco primeiros pilotos voltam à pista para disputar a super classificação. “Eu cometi um erro em primeira volta e terminei a classificação com um tempo ruim (1min42seg350).Não esperava disputar a super classificação e já imaginava largar por volta da sétima colocação”, explica o piloto.

Os treinos foram paralisados por duas vezes, devido caminhões que estouraram o motor e derramaram óleo na pista. Roberval foi o primeiro piloto a ir para a pista e não sofreu problemas com o asfalto escorregadio. Após o termino da classificação Roberval entrou para a super classificação. “Foi muito bom poder entrar na super classificação e principalmente largar amanhã (domingo) na primeira fila”, conta Andrade.

A prova deste domingo acontece a partir das 14h com transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes e Roberval Andrade está animado para a prova. “A corrida será longa e muita coisa pode acontecer. Temos plenas condições de brigar de igual para igual com o jumento”, apelido colocado por Roberval em seu concorrente e amigo Felipe Giaffone.

A ordem de largada da prova de Curitiba ficou assim:

1-Felipe Giaffone, Volkswagen, 1m41s165
2-Roberval Andrade, Scania, 1m41s873
3-Jonatas Borlenghi, Volkswagen, 1m42s183
4-Vinicius Ramires, Mercedes-Benz, 1m42s601
5-Wellington Cirino, Mercedes-Benz, 1m43s733
6-Renato Martins, Volkswagen, 1m42s932
7-Leandro Totti, Ford, 1m43s467
8-David Muffato, Scania, 1m43s683
9-Vignaldo Fizio, Mercedes-Benz, 1m43s781
10-Zé Maria Reis, Scania, 1m44s009
11-Geraldo Piquet, Mercedes-Benz, 1m44s125
12-Adalberto Jardim, Scania, 1m44s319
13-João Maistro, Volvo, 1m44s365
14-Djalma Fogaça, Ford, 1m44s499
15-Valmir Benavides, Volkswagen, 1m44s500
16-Fabiano Brito, Volvo, 1m44s597
17-Diumar Bueno, Volvo, 1m45s518
18-Beto Napolitano, Volkswagen, 1m45s701
19-Luiz Zapellini, Ford, 1m45s925
20-Régis Boessio, Ford, 1m46s081
21-André Carreira, Volvo, 1m46s941
22-Beto Monteiro, Ford, sem tempo
23-José Cangueiro, Mercedes-Benz, sem tempo
24-Fred Marinelli, Iveco, sem tempo
25-Leandro Camargo, Volkswagen, sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *