Truck: Marcello Cesquim estreia na F-Truck como companheiro de equipe de Paulo Salustiano

Mais jovem piloto do grid, paranaense de 23 anos vai pilotar Mercedes-Benz da ABF Racing Team na temporada de 2014

A Fórmula Truck teve nesta terça-feira (4) a confirmação de mais uma estreia para a temporada de 2014. Marcello Cesquim, paranaense de 23 anos, será piloto do Mercedes-Benz número 90 nos campeonatos Sul-Americano e Brasileiro, que terão sua primeira etapa em Caruaru (PE) no dia 16 de março. Representante da cidade de São José dos Pinhais, Cesquim será companheiro de equipe do paulistano Paulo Salustiano na ABF Racing Team.

“O desafio é enorme. Vou precisar de um tempo de adaptação, acho que depois de umas três corridas consigo andar em um ritmo bom”, acredita o piloto paranaense, que fez seu primeiro teste com um caminhão da Fórmula Truck em novembro de 2013, no autódromo de Curitiba. “Naquele dia percebi que as reações do caminhão são bem parecidas com os carros que pilotei em corridas na terra, ele sai um pouco de frente e também de traseira”, observa.

Cesquim estreou no automobilismo aos 16 anos em 2006, e conquistou o título do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra na categoria Hot Dodge. Em 2007 foi campeão paranaense e vice-campeão brasileiro de Stock Car, também em pistas de terra. A adaptação ao asfalto começou em 2008, em treinos com carros de tração traseira. Em 2009, disputou uma etapa da Pick-up Racing, em Curitiba, terminando a prova na sexta colocação.

As temporadas de 2010 e 2011 foram, para o paranaense, de atuação na Copa Chevrolet Montana. Nesse período, fez participações esporádicas no Campeonato Paulista de Marcas e no Mercedes-Benz Grand Challenge. Uma cirurgia no joelho levou Cesquim a se afastar das pistas em 2013. “A F-Truck é o passo mais importante da minha carreira”, define o piloto, até agora o mais jovem confirmado no grid dos campeonatos Sul-Americano e Brasileiro.

Salustiano cumprirá em 2014 sua quinta temporada na Fórmula Truck. A estreia aconteceu pela ABF/Volvo em 2010, ano em que obteve em Interlagos o primeiro pódio, com um terceiro lugar. Correu pela Scuderia Iveco em 2011 e voltou à ABF/Volvo no ano seguinte. Em 2013, assumiu o caminhão da ABF Racing. Venceu a segunda etapa, em Londrina (PR), e marcou pole-positions, comandando o grid em Córdoba (ARG), Guaporé (RS) e Brasília (DF).

“A promessa é de um ano muito positivo para nós, fico feliz pela chance de dar continuidade ao trabalho na equipe”, diz Salustiano, quarto colocado no Sul-Americano e sexto no Brasileiro no ano passado. “Na segunda metade do campeonato o nosso entrosamento, de toda a equipe, aumentou bastante e os resultados começaram a ser mais expressivos, apesar de algumas quebras. O trabalho vai começar com alguns treinos para ajustes no caminhão”.

Salustiano visa manter o ritmo alcançado em 2013. “Minha pior posição de largada foi um quinto lugar, eu estava sempre entre os primeiros. O desafio que eu tive no ano passado foi grande, porque estava assumindo o caminhão campeão”, lembra – o Mercedes-Benz com que competiu na última temporada foi o mesmo que o paranaense Leandro Totti levou a seis vitórias em dez etapas e aos títulos brasileiro e sul-americano da Fórmula Truck em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *