Truck: Medicado, Muffato larga em 22º e vai ao pódio em Fortaleza

Depois de seu primeiro pódio na temporada, paranaense da Scania sente-se mal e recebe atendimento no centro médico do autódromo.

Pedro Muffato enfrentou uma dificuldade adicional durante a quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Debilitado fisicamente por uma virose, o piloto paranaense da MP Motorsport participou da corrida deste domingo (1º), no Autódromo Internacional Virgílio Távora, em Fortaleza, sem estar em sua condição física ideal. Ainda assim, constituiu-se num dos destaques da disputa, conquistando o quinto lugar depois de largar em 22º.

“Eu tinha esse problema desde quarta-feira, passei três dias com febre, viajei de Cascavel para Fortaleza nessas condições e passei todo esse tempo tomando medicamentos. Com isso, acabei não me alimentando adequadamente, e o calor aqui do Nordeste acabou ajudando a debilitar ainda mais o organismo”, resumiu o piloto, que sentiu-se mal logo depois da festa no pódio em Fortaleza e precisou de atendimento no centro médico do autódromo.

“A corrida foi trabalhada demais, foi cansativa, mesmo. Parecia que não iria acabar nunca. Nas voltas finais, eu já estava desidratado”, contou. “Com todas essas circunstâncias, o pódio foi inesperado, mas veio em boa hora. Eu queria só marcar uns pontos, consegui o pódio, está ótimo”, avaliou o piloto, que, durante o atendimento médico no ambulatório, precisou de muito oxigênio pra se recompor do desgaste excessivo da corrida, disputada sob mais de 35 graus.

A vitória na etapa de Fortaleza foi do paulista Felipe Giaffone, piloto da Volkswagen. Ele havia sido primeiro colocado também na corrida anterior, em São Paulo, e mantém-se na vice-liderança com 64 pontos, dois a menos que Roberval Andrade, da Scania, que terminou a corrida deste domingo em terceiro. Wellington Cirino, paranaense da Mercedes-Benz, foi segundo colocado em Fortaleza e está em terceiro na tabela de pontos, com 48.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *