Truck: Para Roberval, durabilidade dos caminhões será desafio maior em Fortaleza

Paulista da RVR Motorsport entende que desgaste do equipamento tem efeitos mais acentuados no circuito mais curto do calendário.

Roberval Andrade desembarcou nesta quarta-feira (22) em Fortaleza sem esconder a motivação para a disputa da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Terceiro colocado na tabela de classificação, o paulista da RVR Motorsport aposta na conquista de mais um pódio na corrida de domingo (26), que será disputada no Autódromo Internacional Virgílio Távora, em Eusébio, cidade da região metropolitana da capital cearense.

Andrade fez um teste na segunda-feira (20) na pista de Goiânia. “Foi um treino produtivo, definimos alguns dos caminhos que vamos tomar em Fortaleza”, disse o piloto, que tem no caminhão número 15 as cores de Knorr-Bremse, Frum, Guerra, Scania, BorgWarner, Niju, Tanesfil e Rodafuso. “O meu objetivo é estar no pódio mais uma vez, acho isso muito possível”, acrescenta Andrade, que terminou a corrida de março em Guaporé na terceira posição.

Campeão da Truck em 2002, Roberval Andrade vê nas características da pista cearense, cujo traçado tem 1.780 metros, uma dificuldade adicional. “É uma pista bem difícil, que exige muito dos caminhões. O maior adversário de todos vai ser o desgaste acentuado dos equipamentos. Mais do que em outros autódromos onde corremos, em Fortaleza quem tiver o acerto mais eficiente para poupar o caminhão vai ter mais chances de tentar a vitória”, entende.

O melhor resultado de Roberval em Fortaleza foi verificado em 2007, ano em que foi ao pódio em terceiro lugar depois de largar em 17º. Em 2006, saiu dos boxes já na abertura da segunda volta da corrida e, em atuação de recuperação, foi oitavo colocado. Na prova de 2008, largou em quarto e terminou em sétimo. “O caminhão está competitivo. Não é o mais forte do grid, mas me dá condições para tentar manter a regularidade e continuar entre os primeiros”, encerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *