Truck: Piloto goiano vive drama na Fórmula Truck

Piloto não foi para a pista em nenhum dos treinos.

Na abertura do campeonato da Fórmula Truck, muitas novidades foram trazidas para Cascavel, no oeste do Paraná. O brasiliense Geraldo Piquet fez sua primeira pole position da carreira e muitos caminhões novos também foram apresentados neste sábado. O goiano José Maria Reis irá para a pista, neste domingo, pela primeira vez com seu novo caminhão Scania.

Construído em apenas 60 dias, os dois caminhões da equipe Roberval Motorsport, chegaram em Cascavel um nesta sexta-feira pela tarde e o “bruto” de Zé Maria chegou neste sábado no momento da classificação. “Havia muita ansiedade pelo novo caminhão e eu estava pronto para treinar. As mudanças deste novo veículo são muitas e acredito que já nasceu campeão” avisa o piloto que tem nesta temporada um caminhão cabine frontal e ano passado corria de bicudo.

O companheiro de equipe de Reis, o paulista Roberval Andrade, largará na quinta colocação com um caminhão que completou apenas 14 voltas durante todos os treinos. “Pela classificação do Roberval eu sei que vamos vencer provas neste ano, mas estou chateado por não poder treinar. Meu caminhão saiu de São Paulo apenas na madrugada de hoje (sábado) e esperávamos que chegasse antes da classificação, mas chegou durante o treino e não tivemos condições de classificar”, explica o goiano.

Nesse domingo a largada para a corrida está prevista para as 14h e o goiano Zé Maria terá a difícil tarefa de sentar no caminhão e participar apenas do treino de aquecimento e da corrida. “Não vai ser fácil fazer aquecimento e ir para a corrida, mas eu sou goiano e não desisto nunca”, brinca o goiano, fazendo sátira ao jargão já há muito conhecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *