Truck: Pilotos da Ford confiam na resistência de seus caminhões

Fogaça larga da 14ª posição, enquanto Beto Monteiro sai em 22º.

Com o forte calor que está assolando Curitiba (PR) neste final de semana, a grande preocupação da Fórmula Truck é com a resistência dos caminhões durante sétima etapa do Campeonato Brasileiro, que será realizada neste domingo (07/10), às 14 horas, com transmissão ao vivo pela Band. “Confiamos em nossos Ford Cargo. Não estamos com a velocidade desejada, mas contamos com bons freios, equilíbrio de chassi e suspensões nas curvas e, principalmente, a robustez de todo o conjunto”, ávida o sorocabano Djalma Fogaça, piloto e chefe da equipe DF Motorsport/Ford Racing Trucks, que vai largar da sétima fila. A pole position é do paulista Felipe Giaffone (Volkswagen), líder do certame.


Oitavo colocado no campeonato, o pernambucano Beto Monteiro foi desclassificado por excesso de fumaça no treino classificatório, e vai largar apenas da 11ª fila do grid de 25 caminhões. “Vou ter que fazer uma corrida de cautela, pois estou largando muito atrás e se vier me tocando com os concorrentes, não terei caminhão pra terminar a corrida”, planeja o único nordestino da Fórmula Truck. “Meu Ford está rápido, então, minha perspectiva é terminar bem mais na frente, talvez entre os dez primeiros, junto com o Fogaça”, acredita.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *