Truck: Prova de Campo Grande é decisiva para a temporada

“Somente a vitória me interessa” é o que afirma Roberval Andrade, vice-líder da competição.

A etapa de Campo Grande (MS) da Fórmula Truck pode ser decisiva para uma virada no campeonato de 2007. A prova do próximo domingo é a penúltima da temporada e Roberval Andrade, vice-líder, promete vencer e atrapalhar a festa do piloto Felipe Giaffone, atual líder. Andrade tem o segundo lugar na tabela com 101 pontos, subindo 6 vezes no pódio em sete provas, mas ainda não venceu neste ano.

Nas últimas quatro provas disputadas na capital sul-mato-grossense três caminhões pesados venceram. A grande desvantagem entre os caminhões pesados e os leves são os trechos travados do Autódromo Orlando Moura, já nas retas os veículos mais pesados levam vantagem por possuírem motores mais potentes. Para se manter a frente Roberval Andrade, que compete com um caminhão Scania mais pesado que os Volkswagen, terá que segurar seus concorrentes nos trechos de baixa velocidade. “A diferença entre os caminhões pesados e leves praticamente não existe mais. Fomos treinar em Londrina (PR), há cerca de uma semana, para diminuir a diferença para os caminhões leves nos trechos de baixa velocidade. Agora temos um caminhão bem acertado para a prova”, conta Andrade.

As possibilidades matemáticas de Roberval Andrade ser campeão da categoria são ainda grandes. O piloto tem chances de sair de Campo Grande como líder do campeonato e tentar levar o título em Brasília, última etapa do calendário. “No Mato Grosso do Sul só podemos ganhar, não temos outra escolha. Temos que ficar a frente do (Felipe) Giaffone”, explicou o piloto. O campeonato segue em aberto, já que 56 pontos ainda estão em disputa nas próximas duas corridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *