Truck: Quebra de motor de concorrente tira pódio de Ramires em Caruaru

Piloto paulista da RRT2 rodou no óleo despejado pelo caminhão de Fizio, perdeu posições e finalizou terceira etapa apenas em sétimo.

A volta à zona de pontos da Fórmula Truck na terceira etapa do Campeonato Brasileiro, na tarde deste domingo (4) na cidade pernambucana de Caruaru, deixou Vinicius Ramires satisfeito. Sétimo colocado na prova, o piloto paulista lamentou, contudo, sua rodada faltando seis voltas do final, motivada pela existência de uma poça de óleo na pista. “Se não fosse aquilo, eu teria ido ao pódio em quinto”, garante o vice-campeão da temporada 2006.

Sétimo no grid, Ramires cumpriu, na fase inicial da corrida no Autódromo Internacional Ayrton Senna, a estratégia de poupar seu caminhão Mercedes-Benz para a fase final da prova, disputada sob calor de 32 graus. Assumiu o sexto lugar na quarta volta, quando Leandro Totti saiu do traçado na entrada da reta oposta, e herdou o quinto lugar com o abandono de Beto Monteiro, na sétima passagem. O pódio, a partir de então, seria questão de administrar a situação.

Ramires, que tem no caminhão número 80 as logomarcas de Empresas Rodobens e Renov/Remanufatura Mercedes-Benz, pontuou como quinto colocado à 12ª volta, instante em que o Pace Truck intervém na corrida e os seis primeiros recebem bonificações na classificação do campeonato. Dada a relargada, teve de controlar pelos retrovisores os ataques empreendidos por Vignaldo Fizio, o sexto com o Mercedes-Benz número 10 da ABF Competições.

“No final, eu percebi que o Vignaldo tinha problemas, vi pelo espelho que o caminhão dele estava fazendo muita fumaça e facilitei a ultrapassagem dele. Só não imaginava que o motor dele fosse quebrar na curva seguinte, à minha frente”, descreveu. Ramires e vários outros pilotos perderam o controle ao passar sobre a poça de óleo deixada pelo caminhão de Fizio, num episódio que resultou em nova intervenção do Pace Truck na corrida, para limpeza da pista.

Apesar de ter perdido o quinto lugar, Vinicius Ramires identificou aspectos positivos em sua participação na corrida pernambucana. “Foi um bom resultado, depois de um fim de semana ruim. Nós conseguimos acertar o caminhão na última hora, para a tomada de tempos. Na corrida, meu ritmo era suficiente para o pódio. No final, acabou sendo um pouco produtivo, porque marquei mais alguns pontos no campeonato”, avaliou o piloto da Ramires Rodobens Truck Team.

A prova em Caruaru revelou o terceiro vencedor de 2008. Depois de Beto Monteiro, em Guaporé, e Roberval Andrade, em Goiânia, foi Felipe Giaffone, atual campeão da categoria, quem cruzou a linha de chegada em primeiro, passando a liderar a tabela de classificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *