Truck: Ramires sai satisfeito do primeiro teste após a reconstrução de seu caminhão

Piloto paulista da RRT2 reconhece que há problemas dependendo de solução e vê prejudicada sua participação na etapa de Fortaleza.

Vinicius Ramires definiu como “um dia de trabalho bastante proveitoso” a segunda-feira (13) que reuniu algumas das equipes do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck em uma sessão de testes preparatórios no autódromo paulista de Interlagos. “Nós pudemos testar algumas inovações no caminhão. A preocupação não foi a de sermos muito rápidos, e sim a de eliminar alguns problemas do novo projeto”, explicou o piloto paulista da equipe RRT2.

Ramires teve seu Mercedes-Benz parcialmente destruído por um incêndio durante a primeira etapa da temporada, disputada na pista gaúcha de Guaporé no dia 8 de março. Desde então, a RRT2 executou um trabalho intensivo nas fases de reconstrução do caminhão. “Evoluímos em vários pontos, mas ainda há alguns ‘pênaltis’ que precisamos resolver. Isso pode comprometer nossa participação na próxima etapa da Fórmula Truck”, admitiu o piloto.

A atividade em Interlagos serviu como preparação das equipes presentes para a segunda corrida da temporada, que será disputada no próximo dia 26 em Fortaleza. “Ainda vamos precisar de algum tempo para solucionar esses pequenos problemas, a logística para termos toda a estrutura da equipe no Ceará exige uma antecedência de quase 10 dias”, explana o piloto. “Nosso foco é voltar ao nível de competitividade que tínhamos em 2006”, acrescenta.

Em 2006, quando cumpriu sua primeira temporada completa na F-Truck, Ramires venceu duas corridas e conquistou o vice-campeonato. “A partir de agora, nós deveremos focar nosso trabalho em treinos particulares”, adianta, visando já a terceira corrida do calendário, agendada para 17 de maio em Caruaru. “Assim, nós podemos chegar a Caruaru com força total, apesar do custo relativo ser bem mais alto do que se participarmos das duas corridas no Nordeste”, considera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *