Truck: Roberval Andrade é o mais rápido nos treinos de sexta-feira

Piloto paulista que venceu em 2002 no circuito gaúcho foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para a 2ª etapa da temporada de 2007.

Começou quente o primeiro dia de treinos para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de F-Truck, a ser realizada neste domingo (dia 8) em Tarumã, RS. Nas cinco primeiras posições do resultado combinado entre as duas sessões de treinos livres desta sexta-feira (dia 6), quatro caminhões são de marcas diferentes. Os cinco primeiros de sexta são: Roberval Andrade (Scania) de São Paulo, o paranaense Leandro Totti (Ford) em segundo, seguido do paulista Jonathas Borlenghi (Volkswagen), Beto Monteiro (Ford) de Pernambuco e o piloto de Brasília Geraldo Piquet (Mercedes-Benz).

Para Roberval Andrade, o mais rápido do dia, o bom resultado logo na segunda vez que anda com o novo modelo Scania P 420, deixa um clima de otimismo no início do campeonato. “Estamos com o conjunto bem acertado. Já venci em Tarumã na chuva e no seco e gosto muito da pista. O bom de tudo é que caminhão e piloto estão muito bem”, brinca animado o campeão da F-Truck de 2002.

Em um box bem próximo ao da Roberval Motorsport, o piloto paranaense Leandro Totti e seu chefe de equipe Ernesto Pívaro, também comemoravam a decisão acertada de voltar à versão do motor com sistema mecânico de alimentação de seu Ford Cargo. Totti foi o segundo mais rápido. “Continuamos trabalhando no motor eletrônico, mas por enquanto vamos continuar com o que temos de mais forte que é o motor do ano passado”, explica Ernesto Pívaro que na prova de abertura em Cascavel optou por tirar o caminhão da pista por causa de problemas na estréia do motor eletrônico. Totti não escondia sua alegria em correr com um equipamento competitivo. “É muito bom voltar a andar com um Truck que a gente confia. O motor está um filé”, se anima o piloto de Londrina.

O líder do campeonato, Geraldo Piquet (Mercedes-Benz) se manteve entre os cinco primeiros e mostrou estar com condições de não perder a liderança depois da prova de domingo. O mesmo não aconteceu com seu companheiro de equipe e o piloto que mais venceu em Tarumã (três vezes) Wellington Cirino. Deu apenas cinco voltas na primeira sessão de treinos e entrou para os boxes com problemas na embreagem de seu Mercedes-Benz Axor 2044.

O mesmo aconteceu com o campeão do ano passado, Renato Martins (Volkswagen). Alguns ajustes mais complexos tentados nos caminhões dele e de seu companheiro de equipe Felipe Giaffone não deram certo segundo o próprio Renato. Seu Volkswagen Constellation ficou o tempo todo parado nos boxes sendo trabalhado pelos mecânicos da RM Competições.

Destaque para o único piloto gaúcho hoje na F-Truck, Regis Boessio, que nesta temporada trocou a marca Iveco pelo Ford Cargo, quarto caminhão da DF Motorsport. Boessio marcou o quinto tempo no circuito que mais conhece na primeira sessão de treinos livres. Ficou em décimo no combinado dos tempos das duas sessões, mas acha que na prova poderá andar entre os primeiros.

VENCEDORES EM TARUMÃ

1996 – Sérgio Drugovich (PR) – Scania
1997 – Sérgio Drugovich (PR) – Scania
1998 – Oswaldo Drugovich Jr. (PR) – Scania
1999 – Jorge Fleck (RS) – Volvo
2000 – Jorge Fleck (RS) – Volvo
2001 – Welington Cirino (PR) – Mercedes Benz
2002 – Wellington Cirino (PR) – Mercedes Benz
2003 – Wellington Cirino (PR) – Mercedes Benz
2004 – Djalma Fogaça (SP) – Ford
2005 – Roberval Andrade (SP) – Scania
2006 – Djalma Fogaça (SP) – Ford

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *