Truck: Sorocabano Djalma Fogaça vai brigar pela vitória em Guaporé (RS)

Campeonato começa disputado e equilibrado. Felipe Giaffone é o pole postion e Fogaça larga em oitavo.

A corrida de abertura da temporada 2009 da Fórmula Truck promete ser muito competitiva. Um total de 23 caminhões super preparados vai largar a partir das 13 horas deste domingo (08/3), para uma hora de disputas no tradicional circuito de Guaporé, na serra gaúcha, com transmissão ao vivo da TV Bandeirantes. “Tenho condições de brigar pela vitória. Vou incomodar desde o início, meu Ford Cargo está rápido”, avisa o sorocabano Djalma Fogaça (Ford Racing Trucks), que foi o mais rápido na sexta-feira e o segundo mais rápido no treino classificatório.

Apesar de ter feito uma volta (1min29s123) muito boa no treino classificatório, Djalma Fogaça acredita que poderia ter sido ainda mais rápido. “Quando estava no túnel, no meio da pista, começou o problema com minha alavanca de câmbio, que voltou a aparecer na entrada da reta, e isto atrapalhou meu desempenho”, contou o ‘Caipira Voador’, que mesmo assim foi superado por apenas meio décimo de segundo por Valmir Benavides. “O pior foi a alavanca quebrar de vez na volta para os boxes, o que impediu que eu participasse do Top Qualifying para brigar pela pole position, que era bem possível”, lamentou o titular da Ford Racing Trucks, que por este motivo será obrigado a alinhar da oitava posição do grid de largada.

Entre os sete pilotos que participaram da superclassificação, o mais rápido foi Felipe Giaffone, que vai largar da pole position com a marca de 1min28s221, 0s399 mais veloz do que Valdir Benavides, que fechará a primeira fila. Giaffone comemorou a conquista, mas não esqueceu de comentar sobre Djalma Fogaça, que não pode brigar no treino decisivo que determinou o posicionamento dos oito pilotos mais rápidos. “O Fogaça era um grande candidato a pole position. Ele é muito agressivo e com certeza na corrida vem pra cima”.

O paulista Urubatan Helou Jr., que sofreu um acidente no primeiro treino livre de sexta-feira, recebeu um novo caminhão Ford Cargo na noite de sábado, e fará sua estréia na Ford Racing Trucks largando do fundo do pelotão. “É a melhor coisa que pode estar acontecendo. Eu não podia deixar de largar. O Djalma (Fogaça) me prometeu que eu iria correr de qualquer maneira e está cumprindo”, comentou otimista. “Eu tenho a mesma fome do que ele para correr e andar na frente. Só que ele treinou bem e está na turma da frente eu saio atrás e nem sei direito aonde tenho que frear!”, brincou Helou Júnior.

Confira o grid de largada em Guaporé:

1) Felipe Giaffone, Volks, 1m28s221;
2) Valmir Benavides, Volks, 1m28s620;
3) Roberval Andrade, Scania, 1m28s635;
4) Wellington Cirino, Mercedes-Benz, 1m28s804;
5) Geraldo Piquet, Mercedes-Benz, 1m29s056;
6) Renato Martins, Volks, 1m29s092;
7) Vignaldo Fizio, Mercedes-Benz, 1m29s996;
8) Djalma Fogaça, Ford, sem tempo;

9) Diumar Bueno, Volvo, 1m30s753;
10) Regis Boessio, Volvo, 1m30s972;
11) Beto Monteiro, Iveco, 1m30s977;
12) João Maistro, Volvo, 1m31s396;
13) Pedro Muffato, Scania, 1m31s439;
14) Fabiano Brito, Volvo, 1m31s515;
15) José Cangueiro, Mercedes-Benz, 1m31s543;
16) Vinicius Ramires, Mercedes-Benz, 1m31s988;
17) Leandro Reis, Scania, 1m32s082;
18) Danilo Dirani, Volvo, 1min32s343;
19) Débora Rodrigues, Volks, 1min44s732;
20) Egon Allgaueur, Man, 16min54s171;
21) Zé Maria Reis, Scania, sem tempo;
22) Adilson ‘Cajuru’, Iveco, sem tempo;
23) Urubatan Helou Jr., Ford, sem tempo;
24) Gastón Mazzacane, Mercedes-Benz, sem tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *