Truck: Volkswagen busca título em ano marcado por novidades

Campeonato começa nesta semana, em Guaporé (RS), onde quatro pilotos correrão com o caminhão Volkswagen Constellation: Renato Martins, Débora Rodrigues, Felipe Giaffone e Valmir Benavides.

Neste domingo (08/03), quatro caminhões Volkswagen Constellation começam a disputa com mais 20 concorrentes pelo título da Fórmula Truck. A temporada de 2009 será marcada por diversas novidades, como novo regulamento, pontuação ampliada e maior internacionalização, com a presença de pilotos estrangeiros e a disputa de uma prova na Argentina.

“Acredito que este será o ano mais competitivo da história da Truck”, diz Felipe Giaffone, campeão em 2007 com um Volkswagen Constellation. Para o ex-piloto da Fórmula Indy e seus companheiros de equipe, a principal novidade deste ano é a volta do câmbio escalonado ZF, o mesmo que o time usava em 2007, quando a Volkswagen foi campeã entre marcas e também no campeonato de pilotos.

Após a proibição no ano passado, o regulamento de 2009 volta a permitir o uso de câmbio de competição nos caminhões Volkswagen Constellation.

“Estamos mais animados do que nunca. Nossa expectativa é de que seremos mais competitivos agora em relação ao ano passado. Mas ainda é cedo para dizer que vamos voltar ao patamar de 2007, quando ganhamos os dois títulos, porque nossos rivais melhoraram muito desde então”, afirma Giaffone.

A alteração no regulamento tornou ainda maior a importância de um bom trabalho na pré-temporada. “Muitos torcedores imaginam que as equipes têm férias neste período sem corridas. Pelo contrário: nosso ritmo de trabalho é intenso, porque, na Truck, quem sai na frente nas primeiras corridas do ano geralmente conquista o título”, explica Renato Martins, piloto e chefe da RM Competições, equipe que corre com os caminhões Volkswagen Constellation.

O recordista de vitórias da Truck e bicampeão da Truck (1996 e 2006) comandou os testes com o caminhão de 2009 na pista de Curitiba no mês passado. “Ficamos satisfeitos com os resultados. Mas o teste real será a partir desta corrida em Guaporé”, afirmou Martins.

Outra novidade em 2009 é a alteração no sistema de distribuição de pontos, que agora premia os 14 primeiros (antes eram os dez melhores). “O novo formato vai ajudar não só o piloto mais consistente, mas também o caminhão mais resistente, que termina todas as corridas”, afirma Débora Rodrigues, a única mulher a competir na Truck, que corre com Volkswagen Constellation. Esta será sua 11ª temporada na categoria.

A temporada deste ano também marca a maior internacionalização da categoria, com a participação de dois pilotos estrangeiros e com a disputa de uma etapa em Buenos Aires, em setembro.

“É muito bom ver este crescimento da Truck, dá grande visibilidade para a nossa carreira”, afirma Valmir Benavides, o “Hisgué”. O piloto da Volkswagen, que terminou 2008 no top-5 da classificação final, começou a temporada passada de forma positiva, com um segundo lugar em Guaporé. “A receita será a mesma da corrida do ano passado, só buscando terminar um posto acima no pódio”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *