Truck: Wellington Cirino é pole em Brasília

O grid de largada da última etapa do Campeonato Brasileiro da Fórmula Truck está definido, e a briga pelo título continua acirrada. Wellington Cirino, com 68 pontos na classificação geral, ocupando a 4ª posição, larga na pole-position neste domingo. O piloto da ABF Mercedes-Benz fez seu melhor tempo em 1:11.029 no Autódromo Nelson Piquet.

“A volta foi muito boa e retratou o que o caminhão foi o ano inteiro, que era um caminhão rápido para classificar. Hoje temos um caminhão bom para corrida e rápido para classificar, então, só tenho que agradecer a toda equipe da ABF Mercedes-Benz. Para prova agora é fazer uma boa largada e manter um ritmo forte, pois o caminhão tem uma temperatura boa e tem um freio bom para o decorrer da corrida. Temos só que cumprir o dever de casa para trazer o melhor resultado”, disse Cirino.

Roberval Andrade, Ticket Car Corinthians Motorsport, marcou o segundo melhor tempo do classificatório em 1:11.036, o paulista, atual Campeão Brasileiro da categoria não está na disputa pelo título. “Perder a pole-position por 7 milésimos não é muito fácil de absorver, mas faz parte. Cometi um erro na curva 2, então, de qualquer forma, largar na primeira fila é o que queríamos. O pensamento é ter um controle sobre a temperatura e equipamento para conseguirmos ser competitivo durante toda a prova,” afirmou o piloto.

Logo atrás vem Beto Monteiro, que fez seu melhor tempo em 1:11.210 com seu Iveco. Leandro Totti, da ABF Competições larga na 4ª posição na etapa final da temporada. O circuito brasiliense, enfatizado por suas longas retas, acaba privilegiando os caminhões de 12 litros. Os quatro primeiros colocados no grid de largada possuem caminhões com motores dessa proporção.

Completando a lista dos 5 primeiros vem o líder do campeonato Felipe Giaffone. O paulista e campeão Sul-Americano 2011 marcou o tempo em 1:11.234 neste sábado. “A gente esperava isso mesmo, pois aqui em Brasília a gente sempre larga por ai. Agora, é concentrar para amanhã dar tudo certo, não levar nenhuma pancada por trás. Os caminhões 12 litros são fortes aqui em Brasília, então, não posso forçar muito, mas também tenho que tomar cuidado pelos demais. Então, vou estar em uma situação que não é fácil, mas não é primeira vez assim, então, vamos ver como será amanhã,” comentou Giaffone.

Dentre os 8 que foram para o Top Qualifying, Geraldo Piquet foi a novidade não conseguindo passar para a segunda fase do classificatório por problemas de aquecimento nos freios, largando na 18ª posição. O treino não foi marcado por nenhuma punição, apenas Débora Rodrigues perdeu sua melhor volta por excesso de velocidade no radar.

A largada será neste domingo (04) às 13h (de Brasília) com transmissão em HD pela Band.

Top Qualifying – Fórmula Truck

 1º)  6 – Wellington Cirino  (M, PR), 1:11.029,
 2º)  1 – Roberval Andrade  (S, SP), 1:11.036
 3º)  88 – Beto Monteiro  (I, PE), 1:11.210
 4º)  73 – Leandro Totti  (M, PR), 1:11.234
 5º)  4 – Felipe Giaffone  (W, SP), 1:11.604
 6º)  70 – Danilo Dirani  (F, SP), 1:11.693
 7º)  55 – Paulo Salustiano  (I, SP), 1:12.351
 8º)  2 – Valmir Benavides  (W, SP), 1:12.678
 9º)  83 – Regis Boessio  (M, SP), 1:12.288
10º)  9 – Renato Martins  (W, SP), 1:12.506
11º)  12 – Zé Maria Reis  (S, GO), 1:12.596
12º)  14 – João Maistro  (V, PR), 1:12.662
13º)  20 – Pedro Muffato  (S, PR), 1:12.712
14º)  77 – André Marques  (V, SP), 1:13.073
15º)  100 – Vignaldo Fizio  (M, SP), 1:13.140
16º)  32 – Luiz Pucci  (V, RA), 1:13.223
17º)  50 – Fred Marinelli  (I, PR), 1:13.228
18º)  3 – Geraldo Piquet  (M, DF), 1:13.273
19º)  11 – Diumar Bueno  (V, PR), 1:13.491
20º)  99 – Luiz Lopes  (S, SP), 1:13.820
21º)  71 – Cristina Rosito  (F, RS), 1:14.311
22º)  45 – Leandro Reis  (S, GO), 1:19.403

Adalberto Jardim e Débora Rodrigues – sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *