V8 Supercars Australia: Gil de Ferran é atração na Austrália

Vencedor de Indianápolis e bicampeão da F-Indy, brasileiro volta ao volante para prova especial em Surfers Paradise

O brasileiro Gil de Ferran voltará ao volante para disputar a Armor All Gold Coast 600, de 21 a 23 de outubro, na Austrália. De Ferran será parceiro do australiano Jonathon Webb em um Ford Falcon da equipe Mother Energy Racing Team durante a prova a ser realizada no tradicional circuito de Surfers Paradise.

O bicampeão da Fórmula Indy e vencedor das 500 Milhas de Indianápolis de 2003 está ansioso pela volta ao cockpit e competir contra alguns dos melhores pilotos do mundo, como ele mesmo explica: “Já faz dois anos que não piloto um carro de corridas”, disse o brasileiro. “Mas eu sempre gostei da pista de Surfers Paradise. Foi lá onde conquistei meu último título na F-Indy. Vai ser muito legal reencontrar um monte de amigos de pista e sentir aquela adrenalina novamente. Essa prova terá um grupo de pilotos de altíssimo nível,com uma diversidade de origens e experiência, então a competição será sensacional. Estou ansioso por este desafio e me preparando fisicamente para ele!”.

Desde que encerrou sua carreira em carros do tipo Fórmula, no final da temporada de 2003 da F-Indy, Gil construiu uma bem sucedida carreira como dirigente no automobilismo. Foi diretor esportivo da equipe Honda de Fórmula 1 e, depois, montou a própria equipe – De Ferran Motorsport – em 2008, quando seus modelos Acura de fábrica foram sensação na American Le Mans Series. O gosto pelos protótipos fez Gil se dedicar às corridas por mais duas temporadas ao volante de seu próprio carro, ao lado do piloto Simon Pagenaud, que também vai disputar a prova de Surfers Paradise. Gil se aposentaria das corridas “novamente” em 2009 a fim de concentrar-se no esforço de dirigir uma equipe e lançou a De Ferran Dragon Racing em 2010, na Fórmula Indy.

“Estou ansioso por pilotar um carro de corridas novamente”, observou Gil, “mas quero deixar claro que esse evento não significa uma volta permanente às pistas como piloto, é por puro prazer e pelo desafio que esta ocasião me oferece. Eu vou curtir Surfers Paradise, a adrenalina e também estou feliz por poder participar deste evento único no automobilismo. Apesar de jamais ter pilotado nada parecido com um Supercar V8 – e sei que tenho que me adaptar e muito a aprender – é óbvio que quero muito que nossa equipe vença a prova!”.

O principal fator de convencimento para que Gil voltasse ao volante foi o convite feito pelo chefe da equipe Mother Energy Falcon Coast, Bruce Jenkins. Os dois trabalharam juntos em 1992, quando Gil foi campeão inglês de Fórmula 3 pela Paul Stewart Racing. “Gil é um piloto completo”, disse Bruce. “Ele é um profissional de verdade e construiu uma carreira impressionante. A experiência e a capacidade que trará para nossa equipe em Surfers Paradise são algo sem preço. Ele sabe o que é preciso para vencer, pois vencer faz parte de sua trajetória”.

O dono da Mother Energy Racing Team, Jonathon Webb, que também é um dos pilotos, está feliz com a confirmação do brasileiro. “Gil teve sucesso nos níveis mais altos do automobilismo”, comentou Webb, “e nós estamos realmente confiantes por tê-lo na equipe. Estou ansioso por trabalhar com alguém como ele, que venceu no nível mais alto, e esperamos que tenha mais uma vitória reservada para ele com a nossa equipe!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *