Vitória do Sigma P1 nas Mil Milhas 2022

Uma vitória consagradora para o protótipo Sigma P1 #12 nas Mil Milhas 2022. Jindra Kraucher, Aldo Piedade Jr. e Beto Ribeiro levaram a quarta geração do modelo projetado pelos engenheiros Pedro Fetter e Evandro Flesch a conquistar a mais tradicional prova da endurance brasileira com um desempenho raro. Lideraram ao longo das 373 voltas por Interlagos – perderam a ponta por raros momentos durante as paradas nas primeiras horas.

Alinhado pela equipe FTR, o Sigma G4, com motor Chevrolet V8 passou por seu grande teste – nenhuma de suas versões havia encarado uma distância como a do fim de semana (1.609km). E sem qualquer susto – o trabalho nos pitstops se resumiu aos ajustes habituais e à troca das pastilhas de freio.

A segunda posição ficou com outro carro estreante que sequer havia treinado até a largada e não constava inicialmente entre os inscritos – uma das histórias típicas das Mil Milhas. Marcel Visconde, Ricardo Maurício e Alan Hellmeister conduziram o Porsche 718 Cayman GT4 #55 da Stuttgart ajudados pela confiabilidade dos modelos da marca. Terminaram a 11 voltas dos vencedores e levaram em sua categoria. O Ford Mustang GT4 da Autlog Racing, que poderia brigar com o Porsche, não completou a prova.

Já o terceiro lugar foi definido na última hora de corrida. Depois de enfrentar problemas em uma homocinética, o MRX #74 da LT Racing (Pedro Queirolo, Leandro Totti, Alex Seid e Henrique Assunção) conseguiu superar outro MRX, o #27, da Sette Racing (Aldoir Sette, Gérson Zarpelão Jr., Estevão Garcia e Gustavo Bandeira), vencedor na P3.

Turismo

Ao todo, 34 carros largaram – dois a mais do que os presentes na qualificação. Em meio aos protótipos, GTs e máquinas mais potentes, chamaram a atenção alguns modelos alinhados na TN1 (com pneus radiais). Alexandre Peppe, Luiz Cirino e Thiago Sala levaram o Chevrolet Celta da Alpie à sexta posição geral, logo à frente de outro Celta, da equipe OTO Racing (Kasai, Salva, Carmácio). Bom resultado também para o protótipo Roco #146 (substituiu o MCR VW previsto inicialmente) de Robbi Pérez, Alexandre Andrade, Dudu Pimenta e Guga Ribas, na oitava posição.

O Fuspyder que homenageou o Fitti-Fusca dos irmãos Fittipaldi e o Fusca Proto da família Pimenta também concluíram a edição 2022 das Mil Milhas. Outra atração foi o Hyundai HB20S (sedan) com câmbio sequencial e pneus slicks alinhado pela HRacing com Beto Monteiro, Renato Marlia, Fabiano Cardoso, Pedro Pimenta e Wellington Cirino. Vencedor em 2021, o MRX #73 (LT Racing) desta vez concluiu em 11º.

Fonte: Racemotor

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *