WEC: Aston Martin anuncia carro e parceiro de Bruno Senna

Brasileiro dividirá Vantage 99 com Rob Bell nas 6 Horas de São Paulo

A Aston Martin Racing colocou fim ao mistério e anunciou nesta quarta-feira que Bruno Senna correrá as 6 Horas de São Paulo com o Vantage nº 99, tendo como companheiro de equipe o inglês Rob Bell. Até agora, de acordo com a lista provisória de inscritos para a prova do dia 1º de setembro, válida pela quarta etapa do Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC, o brasileiro deveria pilotar o carro 98 juntamente com Bell e o francês Fred Makowiecki. O trio conquistou o segundo lugar nas 6 Horas de Spa e liderou a classe GTE das 24 Horas de Le Mans por três quartos da prova, até que uma batida de Makowiecki interrompeu os sonhos de vitória na mais importante prova de longa duração de todo o mundo. O francês não correrá no Brasil.

Em Mônaco, onde vive a maior parte do ano, Bruno recebeu a notícia com naturalidade. “Todos os pilotos da Aston Martin são competitivos. O importante é que o carro tem potencial para brigar pelo pódio e pela vitória num circuito que dificulta o gerenciamento dos pneus. Eles inicialmente demoram a aquecer no trecho de curvas lentas; depois acontece o contrário, os pneus esquentam demais e perdem rendimento. Nossa vantagem é essa: como o motor do Vantage é dianteiro, enquanto o dos rivais é central ou atrás, ele tende a conservar melhor os pneus”, explicou.

A lendária marca inglesa, com sede em Banbury, na região do autódromo de Silverstone, confirmou ainda que alinhará cinco Vantage até o final da temporada. Na mesma categoria de Bruno estarão também os experientes pilotos oficiais Darren Turner (Inglaterra) e Stefan Mücke (Alemanha), que conduziram o Vantage ao alto do pódio nas 6 Horas de Silverstone, abertura do calendário. O número 98 será dividido pelo português Pedro Lamy, o canadense Paul Dalla Lana e o neo-zelandês Richie Stanaway. Os dois da classe GTE Am estarão nas mãos dos ingleses Jamie Campbell Walter-Stuart Hall (96) e dos dinamarqueses Christoffer Nygaard-Kristian Poulsen-Nicki Thiiim (95), este último ocupando a vaga aberta com a morte do compatriota Allan Simonsen durante as 24 Horas de Le Mans.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *