WEC: punição e retas animam Senna na China

Redução de potência das Toyota aumenta chances do trio do brasileiro em Xangai

Bruno Senna e seus parceiros, o francês Norman Nato e o norte-americano Gustavo Menezes, entram nesta sexta-feira nos treinos livres para a terceira etapa do Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC com expectativa mais otimista que na prova anterior no Japão. O brasileiro acredita que o habitual favoritismo da equipe oficial da Toyota pode ser diminuído nas 4 Horas de Xangai por força da redução de potência dos motores dos dois carros japoneses determinada pelo regulamento depois da corrida em Fuji.

 

“A penalização das Toyota foi realmente grande em termos de potência. Acho que desta vez será mesmo mais difícil para eles, principalmente na grande reta deste circuito. Aliás, são duas, uma delas bastante longa. Vamos ver como é que eles vão se comportar. Nosso carro, em contrapartida, deve ir bem melhor nesta pista do que em Fuji. Acho que vai dar para brigar. Vamos usar os treinos livres para avaliar algumas novidades que trouxemos para nosso carro, com a esperança de que funcionem como imaginamos”, disse Senna.

 

A quinta-feira de Bruno foi dedicada ao reconhecimento do traçado de 5.451 metros e 16 curvas, além das reuniões técnicas com os engenheiros do time suíço-britânico. Apesar da crença de que o duelo com as Toyota será mais acirrado, o Rebellion R13 da classe LMP1 também precisará ser ajustado em função da aplicação do “balance of performance” depois do terceiro lugar em Fuji. “Nosso carro estará com um pouco mais de peso na frente e temos de verificar o quanto afetará o balanço. Nossa estimativa é de perda de nove décimos de segundo por volta, mas só andando mesmo para ter certeza”, comentou.

 

A sessão classificatória que definirá a ordem de largada dos 31 carros das quatro categorias está marcada para as 3h30 do sábado pelo horário de Brasília. Domingo, a largada está prevista para a 1 hora da manhã.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *