World Series by Renault: Oliver Rowland e Nyck De Vries vencem em Jerez

O campeão da temporada, o britânico Oliver Rowland (Fortec) e o holandês Nyck De Vries (Dams) foram os vencedores da última etapa da temporada da F-Renault 3.5, principal divisão da World Series by Renault, disputada em Jerez de la Frontera, na Espanha.

Prova 1:

No sábado (17/10), Rowland conquistou a sua oitava vitória na temporada. O russo Egor Orudzhev (Arden) e o francês Matthieu Vaxiviere (Lotus Charouz)  completaram o pódio.

Segundo no grid, Rowland assumiu a ponta logo nas primeiras voltas, após um breve período em Safety-Car. Ele superou o pole o francês Tom Dillmann (Carlin). Com um pneu furado Dillmann abandonou.

No final, Rowland venceu com dez segundos de vantagem sobre Orudzhev. Vaxiviere fechou o pódio.

De Vries  foi o quarto, seguido pelo cipriota Tio Ellinas (Strakka) e o malaio Jazeman Jaafar (Fortec). O brasileiro André Negrão (Draco) terminou em oitavo.

Final, prova 1:

1 – Oliver Rowland – Fortec – 23 voltas

2 – Egor Orudzhev – Arden – 10″879

3 – Matthieu Vaxiviere – Lotus Charouz – 13″428

4 – Nyck De Vries – Dams – 16″481

5 – Tio Ellinas – Strakka – 26″020

6 – Jazeman Jaafar – Fortec – 43″150

7 – Nicholas Latifi – Arden – 48″729

8 – Andre Negrao – Draco – 52″543

9 – Roy Nissany – Tech 1 – 56″522

10 – Yu Kanamaru – Pons – 58″066

11 – Gustav Malja – Strakka – 58″633

12 – Beitske Visser – AVF – 1’00″321

13 – Dean Stoneman – Dams – 1’12″467

14 – Nikita Zlobin – Pons – 1’14″231

15 – Alfonso Celis – AVF – 1’33″354

16 – Sean Gelael – Carlin – 1’37″926

17 – Marlon Stockinger – Lotus Charouz – 1 volta

Volta mais rápida: Alfonso Celis 1’42″364

Abandonos:

Aurelien Panis – Tech 1 – 14 voltas

Tom Dillmann – Carlin – 13 voltas

Prova 2:

Neste domingo (18/10) foi disputada a última etapa do ano. De Vries venceu pela primeira vez na categoria. Rowland e Vaxiviere completaram o pódio.

Terceiro no grid, De Vries superou Vaxiviere na largada. E assumiu a ponta antes do final, depois de Rowland escapar da pista, ao passar por uma poça d’agua. 

Mesmo com dois Safety-Car, que eliminou a vantagem do holandês, De Vries manteve o controle, para vencer com 2s5 de vantagem sobre Rowland. Vaxiviere foi o terceiro.

Elinas terminou em quarto, seguido pelo sueco Gustav Malja (Strakka) e Dillmann.

Negrão provocou o segundo Safety-Car, ao tocar no israelense Roy Nissany (Tech 1), terminando na 12ª posição.

Foi a última prova da história da categoria, com o suporte da Renault. 

Rowland foi o campeão com 307 pontos. Vaxiviere foi o vice com 234 pontos, seguido por De Vries com 160 e Elinas com 135. 

O brasileiro Pietro Fantin disputou as sete primeiras etapas, e terminou na décima posição com 61 pontos. Negrão, que disputou apenas as duas últimas etapas, somou quatro pontos, e foi o 21º. Bruno Bonifácio, que foi parceiro de Fantin na Draco, com um ponto, foi o 25º.  

Final, prova 2:

1 – Nyck De Vries – Dams – 24 voltas em 41’36″996

2 – Oliver Rowland – Fortec – 2″509

3 – Matthieu Vaxiviere – Lotus Charouz – 2″584

4 – Tio Ellinas – Strakka – 4″084

5 – Gustav Malja – Strakka – 13″411

6 – Tom Dillmann – Carlin – 14″197

7 – Egor Orudzhev – Arden – 14″646

8 – Jazeman Jaafar – Fortec – 15″024

9 – Sean Gelael – Carlin – 15″650

10 – Nicholas Latifi – Arden – 16″553

11 – Yu Kanamaru – Pons – 16″853

12 – Andre Negrao – Draco – 16″959

13 – Aurelien Panis – Tech 1 – 17″611

14 – Marlon Stockinger – Lotus Charouz – 26″844

Volta mais rápida: Nyck De Vries 1’31″855

Abandonos:

Beitske Visser – AVF – 20 voltas

Roy Nissany – Tech 1 – 16

Alfonso Celis – AVF – 3

Dean Stoneman – Dams – 0

Nikita Zlobin – Pons – 0

Campeonato:

1.Rowland 307; 2.Vaxiviere 234; 3.De Vries 160; 4.Ellinas 135; 5.Orudzhev 133; 6.Stoneman 130; 7.Dillmann 122; 8.Jaafar 118; 9.Malja 79; 10.Fantin 61.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *