DTM: Pascal Wehrlein é o campeão de 2015

O alemão Pascal Wehrlein (Mercedes C63/HWA) sagrou-se Campeão do Campeonato Alemão de Turismo. O título foi confirmado na primeira prova da última etapa da temporada, em Hockenheim, na Alemanha.

Prova 1:

No sábado (17/10), o alemão Timo Scheider (Audi RS5 Phoenix) venceu a primeira prova. Foi a primeira vitória de Scheider em quase cinco anos. O britânico Jamie Green (Audi RS5 Rosberg) e o belga Maxime Martin (BMW M4 RMG) completaram o pódio.

Segundo no grid, Scheider assumiu a liderança na segunda volta, ao superar o pole Martin. E rapidamente abriu vantagem, para vencer com 2s8 de vantagem sobre Green. Martin fechou o pódio.

O escocês Paul Di Resta (Mercedes C63 HWA) terminou em quarto, seguido pelos alemães Mike Rockenfeller (Audi RS5 Phoenix) e Marco Wittmann (BMW M4 RMG) e o britânico Tom Blomqvist (BMW M4 RBM).

O oitavo lugar foi o suficiente para Wehrlein se tornar o mais jovem campeão da categoria. Um dia antes de completar 21 anos.

O sueco Mattias Ekstrom (Audi RS5 Abt) e o alemão Maximilian Gotz (Mercedes C63 Mucke) completaram os dez primeiros.

O brasileiro Augusto Farfus (BMW M4 RBM) abandonou na quinta volta.

Final, prova 1:

1 – Timo Scheider (Audi RS5) – Phoenix – 26 voltas 

2 – Jamie Green (Audi RS5) – Rosberg – 2″875

3 – Maxime Martin (BMW M4) – RMG – 3″756

4 – Paul Di Resta (Mercedes C63) – HWA – 4″865

5 – Mike Rockenfeller (Audi RS5) – Phoenix – 11″708

6 – Marco Wittmann (BMW M4) – RMG – 15″768

7 – Tom Blomqvist (BMW M4) – RBM – 16″972

8 – Pascal Wehrlein (Mercedes C63) – HWA – 22″034

9 – Mattias Ekstrom (Audi RS5) – Abt – 23″719

10 – Maximilian Gotz (Mercedes C63) – Mucke – 24″137

11 – Antonio Felix Da Costa (BMW M4) – Schnitzer – 25″405

12 – Christian Vietoris (Mercedes C63) – HWA – 25″597

13 – Daniel Juncadella (Mercedes C63) – Mucke – 26″780

14 – Miguel Molina (Audi RS5) – Abt – 31″566

15 – Nico Muller (Audi RS5) – Rosberg – 32″108

16 – Martin Tomczyk (BMW M4) – Schnitzer – 41″299

17 – Lucas Auer (Mercedes C63) – ART – 43″679

18 – Timo Glock (BMW M4) – MTEK – 2 voltas

19 – Bruno Spengler (BMW M4) – MTEK – 6 voltas

Volta mais rápida: Timo Scheider – 1’34”364

Abandonos:

Edoardo Mortara (Audi RS5) – Abt – 18 voltas

Robert Wickens (Mercedes C63) – HWA – 15

Augusto Farfus (BMW M4) – RBM – 5 

Gary Paffett (Mercedes C63) – ART – 4

Adrien Tambay (Audi RS5) – Abt – 1

Prova 2:

Green venceu a última prova do ano neste domingo (18/10). Ekstrom e o italiano Edoardo Mortara, seu parceiro de equipe, completaram o pódio.

Pole-position, Green dominou a prova, vencendo com 1s35 de vantagem sobre Ekstrom. Mortara, da 13ª posição do grid, terminou em terceiro.

Di Resta repetiu a quarta posição, seguido por Scheider e Martin. O português Antonio Felix Da Costa (BMW M4 Schnitzer), o canadense Bruno Spengler (BMW M4 MTEK). O britânico Gary Paffett (Mercedes C63 ART), que chegou a ocupar a segunda posição no começo da prova, e o alemão Martin Tomczyk (BMW M4 Schnitzer) completaram a zona de pontos. Farfus terminou na 14ª posição.

Wehrlein foi o campeão com 169 pontos. Green foi o vice com 150, seguido por Ekstrom com 147 e Mortara com 143. Farfus terminou na 12ª posição com 77 pontos.

A BMW foi a campeã entre os construtores.

Final, prova 2:

1 – Jamie Green (Audi RS5) – Rosberg – 39 voltas

2 – Mattias Ekstrom (Audi RS5) – Abt – 01″351

3 – Edoardo Mortara (Audi RS5) – Abt – 18″914

4 – Paul Di Resta (Mercedes C63) – HWA – 28″694

5 – Timo Scheider (Audi RS5) – Phoenix – 30″581

6 – Maxime Martin (BMW M4) – RMG – 38″003

7 – Antonio Felix Da Costa (BMW M4) – Schnitzer – 39″190

8 – Bruno Spengler (BMW M4) – MTEK – 39″761

9 – Gary Paffett (Mercedes C63) – ART – 40″197

10 – Martin Tomczyk (BMW M4) – Schnitzer – 47″682

11 – Miguel Molina (Audi RS5) – Abt – 49″554

12 – Daniel Juncadella (Mercedes C63) – Mucke – 55″955

13 – Maximilian Gotz (Mercedes C63) – Mucke – 1’00″941

14 – Augusto Farfus (BMW M4) – RBM – 1’04″344

15 – Mike Rockenfeller (Audi RS5) – Phoenix – 1’07″538

16 – Nico Muller (Audi RS5) – Rosberg – 1’15″417

17 – Tom Blomqvist (BMW M4) – RBM – 1’19″406

18 – Robert Wickens (Mercedes C63) – HWA – 1’21″170

19 – Lucas Auer (Mercedes C63) – ART – 1’23″359

20 – Pascal Wehrlein (Mercedes C63) – HWA – 1’31″948

21 – Timo Glock (BMW M4) – MTEK – 1’54″040

Volta mais rápida: Edoardo Mortara – 1’34”086

Abandonos:

Christian Vietoris (Mercedes C63) – HWA – 16 voltas

Adrien Tambay (Audi RS5) – Abt – 16

Marco Wittmann (BMW M4) – RMG – 8

Campeonato:

1. Wehrlein 169; 2. Green 150; 3. Ekstrom 147; 4. Mortara 143; 5. Spengler 123; 6. Wittmann 112; 7. Martin 94; 8. Di Resta 90; 9. Paffett 89; 10. Rockenfeller 83.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *