World Series Renault: Em Valência, André Negrão é o mais rápido no treino da manhã

Brasileiro e seu companheiro de equipe dominaram treino; freios prejudicaram o piloto de Campinas na parte da tarde

O brasileiro André Negrão encerrou bem os testes realizados nesta sexta-feira (25) no Circuito Ricardo Tormo, na cidade espanhola de Valência, com o Fórmula Renault 3.5 de sua equipe, a Draco. Pela manhã, o brasileiro foi o mais rápido, junto com seu companheiro de escuderia, o monegasco Stéphane Richelmi, e à tarde, com alguns problemas no freio, ficou em quarto lugar. Treinando ao lado de outros seis competidores (sete no período da tarde), das equipes BVM, Pons, Gravity-Charouz e Comtec, Negrão marcou 1min23s30 (cronometragem não oficial), exatamente o tempo marcado por Stéphane Richelmi, também da Draco.

As marcas caíram um pouco durante a tarde, mas isso não se refletiu no carro do brasileiro, que teve problemas no aquecimento dos freios e ficou com a quarta posição (1min23s51). O freio de carbono apresenta seu desempenho ideal dentro de uma faixa específica de temperatura. Caso os discos não atinjam a temperatura mínima, o atrito com as pastilhas não é o suficiente para parar o carro; por outro lado, se a temperatura daquele componente superar o limite, o disco se decompõe. Na esperança de resolver esse problema, a Draco buscou diferentes acertos na refrigeração do sistema e levantou dados para análise, como explica o brasileiro:

“Ainda não sabemos o que motivou essa falha, mas não creio que seja um problema muito difícil de resolver. Tenho certeza que meus mecânicos vão encontrar rapidamente a melhor solução para que no próximo teste, em Aragón, eu possa manter a mesma performance em todas as sessões.”

Comparando seu desempenho com os demais pilotos em atividade, Deco aprovou o resultado no último teste livre antes dos treinos oficiais de pré-temporada da F-Renault 3.5:

“Foi bom porque pudemos testar vários itens no carro e sentir um pouco onde estamos em relação aos concorrentes. O melhor de tudo é que conseguimos andar na frente. O tempo também estava ótimo, o que ajudou. Agora, o negócio é se preparar fisicamente, no kart e na academia, para os testes que vêm aí.”

Negrão tem pela frente, no mês de março, três baterias de treinos coletivos da F-Renault 3.5, nos dias 8 e 9 (Aragón, Espanha), 15 e 16 (Barcelona, Espanha) e 22 e 23 (Paul Ricard, França). No dia 29 de março, o brasileiro e sua equipe fazem outro teste particular, desta vez no tradicional circuito italiano de Monza, antes da temporada, que começa nos dias 16 e 17 de abril, em Aragón.

Tempos da manhã:

1) André Negrão (BRA/Draco) – 1m23s30
1) Stéphane Richelmi (MON/Draco) – 1m23s30
3) Oliver Webb (ING/Pons) – 1m24s20
4) Daniel Zampieri (ITA/BVM) – 1m24s60
5) Brendon Hartley (NZL/Gravity-Charouz) – 1m25s40
6) Daniel McKenzie (ING/Comtec) – 1m25s41
7) Daniel De Jong (HOL/Comtec) – 1m27s81

Tempos da tarde:

1) Daniel Zampieri (ITA/BVM) – 1m22s67
2) Stéphane Richelmi (MON/Draco) – 1m22s79
3) Oliver Webb (ING/Pons) – 1m23s00
4) André Negrão (BRA/Draco) – 1m23s51
5) Brendon Hartley (NZL/Gravity-Charouz) – 1m23s80
6) Daniel De Jong (HOL/Comtec) – 1m24s10
7) Daniel McKenzie (ING/Comtec) – 1m24s29
8) Jan Charouz (TCH/Gravity-Charouz) – 1m25s10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *