WSR: Álvaro Parente assume a liderança do campeonato

O português Alvaro Parente, da Tech 1, é o novo líder da World Series Renault, depois da rodada dupla em Donington, na Inglaterra. O espanhol Alvaro Barba, da Draco e o britânico James Walker, da Fortec, conquistaram suas primeiras vitórias na categoria.

 


Barba venceu a 10º etapa, seguido pelo francês Julien Jousse, da Tech 1 e o belga Bertrand Baghette, da KTR. 


Parente largou na pole-position, e liderou a prova até cometer um erro, dando um passeio na grama. Ele retornou para a pista, perdendo quatro posições. Recebeu a bandeira quadriculada em 4º, beneficiando pela batida do malaio FairuzFauzy, da Cram.


Os brasileiros não foram bem. Carlos Iaconelli, da Pons, terminou em 24º e Luis Razia, estreando na categoria pela GD Racing, abandonou na 25º volta.


Com o grid invertido pelos dez primeiros da etapa anterior, Walker (foto) aproveitou a pole-position e venceu a 11º etapa, com o francês Guillaume Moreau, da KTR, em 2º e o italiano Marco Bonanomi, da RC, fechando o pódio.


Parente abandonou na 26º volta, depois de rodar. Iaconelli chegou em 20º lugar, com Razia abandonando na 3º volta.


Com 85 pontos, Parente tem 20 pontos a mais do que Ben Hanley. Sebastian Vettel figura como vice-líder, mas não disputa mais o campeonato, pois se transferiu para a Toro Rosso, equipe de F-1.


A próxima rodada dupla acontece em Magny-Cours, na França, nos dias 22 e 23 de setembro.


Final, 10º etapa:


1 – Alvaro Barba – Draco – 29 voltas
2 – Julien Jousse – Tech 1 – 0″257
3 – Bertrand Baguette – KTR – 1″668
4 – Alvaro Parente – Tech 1 – 2″277
5 – Yelmer Buurman – Fortec – 4”754
6 – Michael Ammermuller – Carlin – 5″319
7 – Marco Bonanomi – RC – 6″013
8 – Guillaume Moreau – KTR – 7″351
9 – Mikhail Aleshin – Carlin – 8″227
10 – James Walker – Fortec – 8”839
11 – Milos Pavlovic – Draco – 9″344
12 – Miguel Molina – Pons – 9″699
13 – Davide Valsecchi – Epsilon – 10″181
14 – Alejandro Nunez – Comtec – 13″773
15 – Filipe Albuquerque – Epsilon – 14″511
16 – Ben Hanley – Prema – 14″656
17 – Salvador Duran – Interwetten – 14″749
18 – Alessandro Ciompi – Eurointernational – 16″297
19 – Pasquale Di Sabatino – GD – 19″855
20 – Pippa Mann – Comtec – 20″391
21 – Giedo Van der Garde – Victory – 20″896
22 – Daniil Move – Interwetten – 21″578
23 – Julian Theobald – Eurointernational – 23″042
24 – Carlos Iaconelli – Pons – 2 voltas


Volta mais rápida: Alvaro Barba 1’18″691


Abandonos:


Luis Razia – 25 voltas
Fairuz Fauzy – 19 voltas
Xavier Maassen – 7 voltas
Michael Herck – 0 voltas
Charlie Kimball – 0 voltas
Clivio Piccione – 0 voltas


Final, 11º etapa:


1 – James Walker – Fortec – 30 voltas
2 – Guillaume Moreau – KTR – 0″614
3 – Marco Bonanomi – RC – 2″274
4 – Yelmer Buurman – Fortec – 3″030
5 – Michael Ammermuller – Carlin – 3”823
6 – Filipe Albuquerque – Epsilon – 4″332
7 – Julien Jousse – Tech 1 – 4″704
8 – Salvador Duran – Interwetten – 5″272
9 – Alejandro Nunez – Comtec – 5″800
10 – Fairuz Fauzy – Cram – 6”124
11 – Miguel Molina – Pons – 7″628
12 – Giedo Van der Garde – Victory – 8″557
13 – Charlie Kimball – Victory – 9”982
14 – Xavier Maassen – Prema – 10”684
15 – Pasquale Di Sabatino – GD – 11″167
16 – Michael Herck – Comtec – 11″695
17 – Daniil Move – Interwetten – 14”299
18 – Julian Theobald – Eurointernational – 15″374
19 – Alessandro Ciompi – Eurointernational – 17″187
20 – Carlos Iaconelli – Pons – 1 volta
21 – Davide Valsecchi – Epsilon – 1 volta


Volta mais rápida: Milos Pavlovic 1’19″092


Abandonos:


Alvaro Parente – 26 voltas
Milos Pavlovic – 26 voltas
Mikhail Aleshin – 22 voltas
Bertrand Baguette – 22 voltas
Pippa Mann – 16 voltas
Clivio Piccione – 15 voltas
Ben Hanley – 14 voltas
Alvaro Barba – 7 voltas
Luis Razia – 3 voltas
 



 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *