F1: Para Massa, erro de estratégia impediu a vitória

O brasileiro Felipe Massa creditou a um erro de estratégia da equipe o fato de terminar na tercira colocação no GP de Mônaco neste domingo. ‘Em determinados momentos fui muito rápido. A estratégia estava funcionando muito bem, mas mudamos para uma parada e acho que este foi o grande erro’, avalia o pole position da prova.

A corrida começou com chuva, mas pouco depois o clima se estabilizou e a pista começou a ficar mais seca. Apesar disso, a meteorologia indicava grande chance de mais chuva cair sobre a cidade e foi apostando nisso que a Ferrari arriscou a estratégia de uma parada só.


No primeiro pit do brasileiro, o principal objetivo foi garantir combustível até o final da prova. Com pneus para pista molhada, Massa voltou para a prova acreditando que poderia recuperar a primeira colocação quando os adversários precisassem parar novamente. Porém, não foi o que aconteceu. ‘A pista estava cada vez mais seca, mas esperávamos uma chuva que não veio’, lamentou Massa, que teve a oportunidade de encerrar o jejum de 15 anos sem vitória brasileira no Principado.


‘No momento que Robert fez a parada, tive uma conversa difícil com a equipe’, lembra o piloto, que tinha dificuldades para controlar sua Ferrari na pista seca com pneus para chuva. ‘Gostaria de ter chegado com vitória. Tínhamos tudo para vencer, infelizmente a equipe errou na estratégia ao tentar uma parada esperando que chuva voltasse como o radar dizia. Erramos neste momento, tivemos de parar para colocar pneu de pista seca porque eu virava muito mais lento do que poderia. Hoje, um pequeno erro que acabaou decidindo o resultado final’.


Apesar da frustração, Massa comemorou a conquista de mais seis pontos. ‘Foi importante somar seis pontos, é sempre bom chegar ao pódio aqui em Mônaco. O Campeonato segue totalmente aberto e fazer o máximo para seguir nesta direção nas próximas corrida’.


Massa é o terceiro colocado na classificação com 34 pontos. A liderança é do inglês Lewis Hamilton, vencedor da corrida deste domingo, com 38 pontos. Kimi Raikkonen caiu para segundo com um ponto a mais que o brasileiro.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *