WTCC: BMW vence as duas provas em Oschersleben

A BMW, com o modelo 320si, venceu as duas provas da 8º rodada dupla do campeonato, em Oschersleben, na Alemanha. O brasileiro Augusto Farfus, da Schnitzer, venceu a primeira prova, com o espanhol Felix Porteiro, da Ravaglia, faturando a segunda prova.

Na primeira prova, 15º do ano, Farfus fez uma grande largada, assumindo a liderança logo na primeira curva, ao superar o pole-position, o inglês Robert Huff, num Chevroelt Lacetti da RML, e o líder da temporada, o italiano Gabriele Tarquini, num Seat Leon TDI da Seat Sport.


O italiano Nicola Larini, num Chevrolet Lacetti da RML, foi espremido pelos Seat Leon TDI, do espanhol Jordi Gené e o sueco Rickard Rydell, rodando na segunda curva. O ex-piloto de F-1 acertou seu parceiro de equipe, Huff, abandonando logo depois. O inglês se manteve na prova.


Tarquini começou a perder rendimento, sendo ultrapassado por Huff e pouco depois pelo suíço Alain Menu, também da RML. Tarquini foi perdendo posições, quando na disputa pela 7º posição, ele e o inglês Andy Priaulx, num BMW 320si da RBM, se tocaram, com o tri-campeão abandonando, ao bater no muro de pneus. Tarquini caiu para a 23º posição.


Farfus seguiu tranqüilo na frente, vencendo de ponta a ponta. Huff foi 2º, com Menu completando o pódio. O português Tiago Monteiro, num SEAT Leon TDI da Seat Sport, terminou em 4º, seguido por Gené e Rydell. O holandês Tom Coronel, num Seat Leon da SunRed, fez uma grande prova, após ser desclassificado no treino e cair da 4º para a 24º posição no grid. Ele chegou na 7º posição. Porteiro, em 8º, garantiu a pole-position para a 2º prova.


O acidente entre Tarquini-Priaulx além do que envolveu o inglês James Thompson, num Honda Accord da N Technology e o belga Olivier Tielemans, numa BMW 320si da Wiechers, ficaram sob investigação dos comissários da prova.


Entre os independentes, vitória do italiano Stefano D’Aste, numa BMW 320si da Proteam.


O líder da temporada, o francês Yvan Muller, parceiro de equipe de Farfus, chegou na11º posição.


Saindo da pole, Porteiro manteve a liderança na acidentada largada da segunda prova do dia, 16º do ano. Os carros de Monteiro e Thomposon abandonaram quase que imediatamente, com a confusão envolvendo também Tarquini, o compatriota Alessandro Zanardi, numa BMW 320si da Ravaglia, o turco Ibrahim Okyay, numa BMW 320si da Borusan, Rydell e Tielemans.


Saindo da 8º posição, Farfus fez uma boa largada, mas foi empurrado na primeira curva, perdendo posições.


Porteiro e Coronel duelaram pela vitória até a linha de chegada, com o espanhol vencendo por apenas 0s359 de vantagem. Huff foi 3º.


Gené chegou no 4º lugar, com Priaulx em 5º, seguido por Farfus. O mexicano Sergio Hernandez, numa BMW 320si da Proteam, foi o 7º, vencendo entre os independentes. Yvan Muller conquistou um importante ponto, com a 8º colocação.


Muller tem 66 pontos na tabela, dois a mais do que Tarquini. Priaulx, em 3º, soma 53, seguido por Rydell, com 51 e Huff e Porteiro, ambos com 50. Com apenas mais uma rodada dupla, e 20 pontos em disputa, apenas eles tem chances de levar a taça. Farfus, com 43, está fora da disputa.


A próxima etapa acontece no dia 21 de setembro, em Imola, na Itália.


Final, prova 1:


1 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 14 voltas em 22’43”764
2 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 7’’639
3 – Alain Menu (Chevrolet Lacetti) – RML – 13’’754
4 – Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Seat – 15”537
5 – Jordi Gené (Seat Leon TDI) – Seat – 17”913
6 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 18”262
7 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 18”680
8 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Ravaglia – 18”825
9 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Proteam – 19”245
10 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 20”847
11 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Seat – 32”962
12 – Alex Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 33”013
13 – Olivier Tielemans (BMW 320si) – Wiechers – 34“067
14 – Marin Colak (Seat Leon) – Sunred – 34”785
15 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 35”091
16 – James Thompson (Honda Accord) – N Technology – 36”123
17 – Duncan Huisman (BMW 320si) – Wiechers – 36“287
18 – Andrei Romanov (BMW 320si) – Engstler – 36”951
19 – Kristian Poulsen (BMW 320si) – Poulsen – 38’’830
20 – Ibrahim Okyay (BMW 320si) – Borusan – 43’’270
21 – Viktor Shapovalov (Lada 110) – Russian Bears – 45”189
22 – George Tanev (BMW 320si) – Petrol GT – 49”139
23 – Gabriele Tarquini (Seat Leon TDI) – Seat – 53”772
24 – Aytac Biter (BMW 320si) – Borusan – 1’06”836
25 – Pierre-Yves Corthals (Seat Leon) – 3 voltas
26 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 3 voltas


Abandonos:


Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM
Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler
Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML


Volta mais rápida: Augusto Farfus – 1’36”699


Final, prova 2:


1 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Ravaglia – 14 voltas em 23’01”219
2 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 0.359
3 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 0.678
4 – Jordi Gené (Seat Leon TDI) – Seat – 6”399
5 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 6”616
6 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 6”739
7 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 7”160
8 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Seat – 12”228
9 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 13’’003
10 – Duncan Huisman (BMW 320si) – Wiechers – 13’’531
11 – Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML – 14”228
12 – Pierre-Yves Corthals (Seat Leon) – 14”694
13 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Proteam – 14”796
14 – Kristian Poulsen (BMW 320si) – Poulsen – 14”826
15 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 15“114
16 – Gabriele Tarquini (Seat Leon TDI) – Seat – 20”207
17 – Marin Colak (Seat Leon) – Sunred – 20”633
18 – Olivier Tielemans (BMW 320si) – Wiechers – 22“295
19 – Alex Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 22”480
20 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 24”923
21 – George Tanev (BMW 320si) – Petrol GT – 30”497
22 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 38”913
23 – Viktor Shapovalov (Lada 110) – Russian Bears – 52”729
24 – Aytac Biter (BMW 320si) – Borusan – 1’06”710


Abandonos:


Andrei Romanov (BMW 320si) – Engstler
Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Seat
Ibrahim Okyay (BMW 320si) – Borusan
James Thompson (Honda Accord) – N Technology
Alain Menu (Chevrolet Lacetti) – RML


Volta mais rápida: Augusto Farfus – 1’37”556


Campeonato:


1.Y.Muller 66 pontos;
2.Tarquini 64;
3.Priaulx 53;
4.Rydell 51;
5.Huff 50;
6.Porteiro 50;
7.Farfus 43;
8.Gené 43;
9.J.Muller 43;
10. Menu 10.
10.Menu 40.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *