WTCC: Chevrolet domina provas em Curitiba

Estreando o novo Cruze 1.6T, a Chevrolet dominou neste domingo (20/03), em Curitiba, no Paraná a etapa de abertura da temporada. O britânico Robert Huff venceu a primeira prova, com o parceiro Alain Menu faturando a segunda prova. O brasileiro Cacá Bueno, correndo como convidado da Chevrolet, conquistou em 3º e um 5º lugar.evrolet, conquistou em 3º e um 4º lugar.

Prova 1:

Pole-position Huff venceu de ponta a ponta, seguido pelos parceiros, o francês, e atual campeão, Yvan Muller e o brasileiro Cacá Bueno, em sua segunda prova na categoria.

Huff recebeu a bandeirada com apenas 0s8 de vantagem sobre Muller, que não teve nenhuma oportunidade de tentar a ultrapassagem nas 14 voltas disputadas. Bueno terminou em um tranquilo terceiro lugar.

O dinamarquês Kristian Poulsen e o holandês Tom Coronel, ambos de BMW 320Tc, fizeram um intenso duelo pela quarta posição, com diversas trocas de posição. Na última volta Coronel garantiu o 4º lugar, recebendo a bandeira com 0s290 de vantagem sobre o rival da Engstler, que venceu entre os independentes.

Depois de um péssimo treino classificatório Menu aproveitou a superioridade de seu Chevrolet, para ganhar posições, e terminar em 6º. O italiano Gabriele Tarquini e o dinamarquês Michel Nykjaer, parceiros na Sunred, com seus SEAT Leon TDi, foram 7º e 8º. O alemão Franz Engstler (BMW 320Tc) e o marroquino Mehdi Bennani (BMW 320Tc) fecharam os dez primeiros. 

Final, prova 1:

1 – Rob Huff (Chevrolet Cruze 1.6T) – Chevrolet RML– 14 voltas em 19’29”481
2 – Yvan Muller (Chevrolet Cruze 1.6T) – Chevrolet RML – 0”873
3 – Carlos Bueno (Chevrolet Cruze 1.6 T) – Chevrolet RML – 3”924
4 – Tom Coronel (BMW 320Tc) – Roal – 12”714
5 – Kristian Poulsen (BMW 320Tc) – Engstler – 13”004
6 – Alain Menu (Chevrolet Cruze 1.6T) – Chevrolet RML – 13”402
7 – Gabriele Tarquini (Seat Leon Tdi) – Sunred – 14”214
8 – Michel Nykjær (Seat Leon Tdi) – Sunred – 14”716
9 – Franz Engstler (BMW 320Tc) – Engstler – 19”100
10 – Mehdi Bennani (BMW 320Tc) – Proteam – 19”591
11 – Tiago Monteiro (Seat Leon Tdi) – Sunred – 20”001
12 – Robert Dahlgren (Volvo C30) – Polestar – 20”343
13 – Pepe Oriola (Seat Leon Tdi) – Sunred – 25”098
14 – Javier Villa (BMW 320Tc) – Proteam – 25”527
15 – Fredy Barth (Seat Leon Tdi) – Sunred – 28”285
16 – Marchy Lee (BMW 320Tc) – Proteam – 41”400
17 – Aleksei Dudukalo (Seat Leon Tdi) – Sunred – 41”820
18 – Yukinori Taniguchi (Chevrolet Lacetti) – Bamboo – 45”265
19 – Fabio Fabiani (BMW 320si) – Proteam – 1 volta

Prova 2:

Saindo da pole, Menu venceu depois de uma intensa batalha com Coronel. Muller terminou em 3º.

Depois de, no sábado, ficar de fora da Q2, Menu foi promovido a pole, com a punição sofrida pelo suíço Fredy Barth (SEAT Leon TDi). Na largada Coronel aproveitou a melhor tração traseira de seu BMW para assumir a ponta, com Menu perdendo posições.

Na 3ª volta Menu passou Tarquini, pela segunda posição. Sete voltas depois o francês partiu para recuperar a liderança, ao mergulhar o seu Chevrolet para cima do BMW na curva um. Os carros se tocaram, com Coronel dando uma escapada pela grama na saída da curva um.

A dupla continuou a disputa pela vitória nas voltas finais, com Menu cruzando a linha de chegada com 0s265 a frente de Coronel. Muller superou Huff, garantindo a última vaga no pódio.

Huff foi o 4º, seguido de Bueno, em mais uma prova consistente. Tarquini terminou em 6º, com o também parceiro de equipe, o português Tiago Monteiro na 7ª posição. O estreante espanhol Javier Villa (BMW 320Tc), em 8º, venceu entre os independentes. Engstler foi novamente 9º, com o novato espanhol Pepe Oriola (Seat Leon Tdi) na 10ª posição.

Huff lidera o campeonato com 37 pontos, três a mais do que Menu. Muller é o 3º, com 33, seguido por Coronel, com 30. Bueno, com 25, é o 5º.

A próxima etapa acontece em Zolder, na Bélgica, no dia 24 de abril.

Final, prova 2:

1 – Alain Menu (Chevrolet Cruze 1.6T) – Chevrolet RML – 14 volts em 19’29”481
2 – Tom Coronel (BMW 320Tc) – Roal – 0”265
3 – Yvan Muller (Chevrolet Cruze 1.6T) – Chevrolet RML – 0”917
4 – Rob Huff (Chevrolet Cruze 1.6T) – Chevrolet RML – 1”321
5 – Carlos Bueno (Chevrolet Cruze 1.6 T) – Chevrolet RML – 2”409
6 – Gabriele Tarquini (Seat Leon Tdi) – Sunred – 4”512
7 – Tiago Monteiro (Seat Leon Tdi) – Sunred – 7”810
8 – Javier Villa (BMW 320Tc) – Proteam – 16”894
9 – Franz Engstler (BMW 320Tc) – Engstler – 17”571
10 – Pepe Oriola (Seat Leon Tdi) – Sunred – 20”361
11 – Darryl O’Young (Chevrolet Lacetti) – Bamboo – 27”978
12 – Aleksei Dudukalo (Seat Leon Tdi) – Sunred – 31”428
13 – Robert Dahlgren (Volvo C30) – Polestar – 35”296
14 – Kristian Poulsen (BMW 320Tc) – Engstler – 36”203
15 – Yukinori Taniguchi (Chevrolet Lacetti) – Bamboo – 45”265
16 – Marchy Lee (BMW 320Tc) – Engstler – 39”845

Abandonos:
Mehdi Bennani (BMW 320Tc) – Proteam – 0 volta
Michel Nykjær (Seat Leon Tdi) – Sunred – 5 voltas
Fabio Fabiani (BMW 320si) – Proteam  7 voltas
Fredy Barth (Seat Leon Tdi) – Sunred – 7 voltas

Campeonato:

1. Huff 37; 2. Menu 34; 3. Muller 33; 4. Coronel 30; 5. Bueno 25; 6. Tarquini 14; 7. Poulsen 10; 8. Monteiro 6; 9. Nykjær, Villa e Engstler 4; 12. Bennani e Oriola 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *