WTCC: Gabriele Tarquini é o campeão de 2009

O italiano Gabriele Tarquini (Seat Leon Tdi) sagrou-se campeão da temporada 2009 do Campeonato Mundial de Turismo (WTCC), após a rodada dupla de encerramento do campeonato, disputada em Macau, no domingo (22/11). O veterano piloto somou 127 pontos, quatro a mais do que o francês Yvan Muller, seu parceiro de equipe e campeão de 2008.

Pole-position o inglês Robert Huff (Chevrolet Cruze), venceu de ponta a ponta a primeira prova do dia. Tarquini foi o segundo com o espanhol Jordi Genè (Seat Leon Tdi), completando o pódio.

Logo na primeira volta o inglês Andy Priaulx (BMW 320si), que havia largado na 2ª posição, acertou o muro na curva Lisboa, danificando o seu carro, com o tri-campeão indo para os boxes.

O português Tiago Monteiro (Seat Leon Tdi) assumiu a segunda posição, seguido por Tarquini, que ganhou cinco posições. Huff abiu uma confortável vantagem sobre Monteiro até a 8ª volta, quando o português teve problemas, ficando lento na pista e perdendo várias posições.

Yvan Muller terminou em 5º. O brasileiro Augusto Farfus Jr. (BMW 320si) terminou em 8º, após ele; e seu parceiro de equipe o alemão Jörg Müller, ficarem lentos na volta final. Com o grid reverso dos oito primeiros colocados, Farfus garantiu a pole para a segunda prova.

O inglês James Thompson (Lada Priora), acidentado no treino classificatório de sexta-feira, não disputou a etapa.

Tarquini entrou na decisiva prova com seis pontos de vantagem sobre Yvan Muller.

Farfus venceu a segunda prova, seguido pelo parceiro de equipe Müller. O 3º lugar de Yvan Muller não foi o suficiente para o francês conquistar o bi-campeonato. Com o 5º lugar Tarquini levou a taça com quatro pontos de vantagem.

Na largada Farfus manteve a ponta, seguido por Müller, Muller e Monteiro. Na 3ª volta o inglês Tom Boardman (Seast Leon Tdi) bateu no Esse da Solitude, acionando o Safety-Car. Na 7ª volta Gené, 5º colocado, ficou lento sendo ultrapassado por Tarquini.

A prova terminou em bandeira vermelha devido a um múltiplo acidente na última volta.  O espanhol Félix Porteiro (BMW 320si) escorregou, tocando o muro e retornando para a pista, sendo acertado pelo alemão Franz Engstler (BMW 320si). O alemão ficou parado no meio da pista, com o piloto local Andre Couto (Seat Leon TDi), batendo fortemente no BMW.

Com pedaços de carro espalhados pela pista a direção de prova, após uma breve interrupção, decidiu encerrar a prova. Engstler foi levado ao hospital, onde foi constada a quebra da clavícula esquerda, concussão e um grande ferimento na parte de cima do corpo. Porteiro e Couto saíram ilesos do acidente.

Em sua última prova na categoria o italiano Nicola Larini (Chevrolet Cruze) terminou em 7º.

Tarquini sagrou-se campeão com 127 pontos. Muller o vice, somou 123. Farfus foi o 3º, com 113.

A Seat foi a campeã dos construtores, com 314 pontos, três a mais do que a BMW. A Chevolet foi a 3º, com 215, seguida pela Lada, com 83.

Ente os pilotos independentes o holandês Tom Coronel (Seat Leon TDi), ficou com o título, com 233 pontos, 13 a mais do que Porteiro. João Paulo de Oliveira (Seat Leon), que disputou apenas a etapa do Japão, marcou quatro pontos, em 21º.

A SUNRED (de Coronel) foi a campeã entre as equipes independentes, com 304 pontos.    

Final, prova 1:

1. Robert Huff GBR Chevrolet Cruze 9 voltas em 23’02”273       
2. Gabriele Tarquini ITA SEAT Leon TDI a 7.952
3. Jordi Gene ESP SEAT Leon TDI a 8.996
4. Alain Menu SUI Chevrolet Cruze a 10.328
5. Yvan Muller FRA SEAT Leon TDI a 13.534
6. Tiago Monteiro POR SEAT Leon TDI a 15.517
7. Jorg Muller ALE  BMW 320si a 15.782
8. Augusto Farfus BRA BMW 320si a  15.967
9. Alessandro Zanardi ITA BMW 320si a 16.301
10. Sergio Hernandez ESP BMW 320si a 16.527
11. Rickard Rydell  SUE SEAT Leon TDI a 16.618
12. Nicola Larini ITA Chevrolet Cruze a 18.476
13. Tom Coronel HOL SEAT Leon TDI a 21.356
14. Felix Porteiro ESP BMW 320si a 21.961
15. Tom Boardman GBR SEAT Leon TDI a 29.923
16. Franz Engstler ALE BMW 320si a 30.468
17. Kristian Poulsen DIN BMW 320si a 44.647
18. Nobuteru Taniguchi JAP BMW 320si a 46.571
19. Takayuki Aoki JAP BMW 320si a 56.298
20. Henry Ho MAC BMW 320si a 1:23.908
21. Kit Meng Lei MAC BMW 320si a 2:02.061
22. Joseph Rosa Merszei MAC BMW 320si a 2:02.321
23. Jaap Van Lagen HOL LADA Priora a 2 voltas
24. Lic Ka Liu MAC BMW 320si a 2 voltas
25. Andre Couto MAC SEAT Leon TDI a 2 voltas

Abandonos:

Andy Priaulx GBR BMW 320si 2 voltas

Volta mais rápida: Tiago Monteiro 2’32”076

Final, 2ª prova:

1. Augusto Farfus BRA BMW 320si  7 voltas em 22’02”166   
2. Jorg Muller ALE  BMW 320si a 0.801
3. Yvan Muller FRA SEAT Leon TDI a 1.201
4. Tiago Monteiro POR SEAT Leon TDI a 1.980
5. Gabriele Tarquini ITA SEAT Leon TDI a 3.815
6. Jordi Gene ESP SEAT Leon TDI a 5.018
7. Nicola Larini ITA Chevrolet Cruze a 5.359
8. Robert Huff GBR Chevrolet Cruze a     5.895
9. Alessandro Zanardi ITA BMW 320si a 6.167
10. Rickard Rydell  SUE SEAT Leon TDI a 6.712
11. Sergio Hernandez ESP BMW 320si a 7.764
12. Felix Porteiro ESP BMW 320si a 8.290
13. Andy Priaulx GBR BMW 320si a 8.583
14. Franz Engstler  ALE BMW 320si a 9.390
15. Nobuteru Taniguchi JAP  BMW 320si a 10.635
16. Takayuki Aoki JAP BMW 320si a 12.819
17. Andre Couto MAC SEAT Leon TDI a 13.531
18. Kit Meng Lei MAC BMW 320si a 24.275
19. Henry Ho MAC BMW 320si a 27.175
20. Joseph Rosa Merszei MAC BMW 320si a 27.530
21. Alain Menu SUI Chevrolet Cruze a 2 voltas

Abandonos:
                               
Tom Coronel HOL SEAT Leon TDI 4 voltas     
Tom Boardman GBR SEAT Leon TDI 2 voltas      
Kristian Poulsen DIN BMW 320si 2 voltas     

Volta mais rápida: Jorg Muller 2’32”671

Campeonato:   

1. Tarquini 127 pontos; 2. Y. Muller 123; 3. Farfus 113; 4. Priaulx 84; 5. Huff 80; 6. J. Muller 76; 7. Rydell 64; 8. Genè 48; 9. Monteiro 44; 10. Menu 39; 11. Hernandez 36; 12. Zanardi 31; 13. N. Larini 27; 14. Tom Coronel 15; 15. Porteiro 10; 16. Engstler 7; 17. Thompson 6; 18. D’Aste 3; 19. Cayrolle 1.     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *