WTCC: SEAT domina etapa de abertura em Curitiba

A SEAT, com o modelo Leon Tdi, dominou a etapa de abertura da temporada, em Curitiba. A montadora francesa conquistou os quatro primeiros lugares nas duas provas disputadas neste domingo (08/03), em Pinhais, com o atual campeão, o francês Ivan Muller vencendo a primeira e o italiano Gabriele Tarquini faturando a prova de encerramento da etapa brasileira.

Saindo da pole-position, Muller venceu de ponta a ponta a primeira prova, com os parceiros de equipe, o espanhol Jordi Genè e o sueco Rickard Rydell, completando o pódio. A prova foi marcada pelo forte calor.

Com a punição do italiano Nicola Larini, que havia terminado em 5º com o novo Chevrolet Cruze, o brasileiro Augusto Farfus Jr, foi o melhor dos não SEAT. O curitibano pilota um BMW 320si da Schnitzer. O mexicano Sergio Hernández foi o 6º, seguido pelo inglês Andy Priaulx, e o espanhol Felix Porteiro, todos de BMW 320si. Porteiro garantiu a pole para a segunda prova.

Após a largada um acidente na quarta curva envolveu três carros, os BMW 320si do alemão Jörg Müller, e de Priaulx e o Chevrolet Cruze do suíço Alain Menu. Müller acertou Priaulx, que rodou, levando Menu. O suíço abandonou logo depois, com Müller indo para os pits, perdendo cinco voltas, abandonando na 11ª volta. Priaulx marcou dois pontos, com o 7º lugar.

A prova teve a intervenção do Safety-Car, entre a 6ª e 9ª volta, devido à batida do italiano Stefano D’Aste no Esse de Alta.

A segunda prova foi atrasada em dez minutos, devido a uma tempestade de verão que caiu no autódromo pouco antes da largada. Tarquini venceu com apenas 0s810 de vantagem sobre Rydell. Genè fechou o pódio todo da SEAT. Vencedor da etapa anterior, Yvan Muller terminou em 4º.

Jörg Müller foi o 5º, seguido por Farfus, seu parceiro de equipe. O pole  Porteiro e o holandês Tom Coronel, de SEAT Leon, completaram os oito primeiros.

A prova começou com o Safety-Car na pista. Saindo da quinta posição, Tarquini assumiu a liderança na 3ª volta, para não mais perder.

Yvan Muller e Tarquini dividem a liderança do campeonato, com 15 pontos. Genè e Rydell são os vice-líderes, com 14.

Entre os independentes, Porteiro lidera com 31 pontos.

A segunda rodada dupla acontece em Puebla, no México, no dia 22 de março. O novo sistema de lastros só deve começar na 3ª etapa, em Maio no Marrocos.

Grid:

1 – Yvan Muller (Seat Leon Tdi) – Seat Sport – 1’24”196
2 – Jordi Genè (Seat Leon Tdi)) – Seat Sport – 1’24”315
3 – Gabriele Tarquini (Seat Leon Tdi) – Seat Sport – 1’24”355
4 – Tiago Monteiro (Seat Leon Tdi) – Seat Sport- 1’24”472
5 – Rickard Rydell (Seat Leon Tdi) – Seat Sport – 1’24”486
6 – Jorg Muller (BMW 320si) – Bmw Team Germany – 1’24”637
7 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Bmw Team Germany – 1’24”749
8 – Alain Menu (Chevrolet Cruze) – Chevrolet – 1’24”831
9 – Nicola Larini (Chevrolet Cruze) – Chevrolet – 1’24”831
10 – Andy Priaulx (Bmw 320si) – Bmw Team Uk – 1’24”933
11 – Sergio Hernadez (Bmw 320si) – Bmw Team Italy-Spain – 1’25”046
12 – Felix Porteiro (Bmw 320si) – Proteam – 1’25”377
13 – Robert Huff (Chevrolet Cruze) – Chevrolet – 1’25”456
14 – Alessandro Zanardi (Bmw 320si) – Bmw Team Italy-Spain – 1’25”488
15 – Franz Engstler (Bmw320si) – Engstler – 1’26”018
16 – Tom Boardman (Seat Leon) – Sunred – 1’26”026
17 – Stefano D’Aste (Bmw 320si) – Wiechers – 1’26”076
18 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 1’26”220
19 – Marin Colak (Seat Leon) – Colak – 1’26”281
20 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Lada Sport – 1’26”753
21 – George Tanev (Bmw 320si) – Proteam – 1’26”940
22 – Kristian Poulsen (Bmw 320si) – Engstler – 1’27”578
23 – Kirill Ladygin (Lada 110) – Lada Sport – 1’27”585
24 – Viktor Shapovalov (Lada 110) – Lada Sport – 1’28”053

Final, prova 1:

1 – Yvan Muller (Seat Leon Tdi) – Seat – 16 voltas 26’45”799
2 – Jordi Genè (Seat Leon Tdi) – Seat – 2”090
3 – Rickard Rydell (Seat Leon Tdi) – Seat – 2”880
4 – Gabriele Tarquini (Seat Leon Tdi) – Seat – 3”501
5 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 7”766
6 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Ravaglia – 8”152
7 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 12”128
8 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Proteam – 13”441
9 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 15”971
10 – Alessandro Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 16”105
11 – Tom Boardman (Seat Leon) – Sunred – 16”990
12 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 20”829
13 – Viktor Shapovalov (Lada 110) – Russian Bears – 26”339
14 – Kirill Ladygin (Lada 110) – Russian Bears – 27”540
15 – Nicola Larini (Chevrolet Cruze) – RML – 37”183 *
16 – Tiago Monteiro (Seat Leon Tdi) – Seat – 38”767 *
17 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 54”116 *
18 – George Tanev (BMW 320si) – Proteam – 54”868*
*Punidos com 30 segundos de acrécimo no tempo, por se movimentarem antes da relargada ser autorizada.

Abandono:

Kristian Poulsen – 13 voltas
Marin Colak – 13 voltas
Jorg Muller – 11 voltas
Robert Huff – 5 voltas
Stefano D’Aste – 4 voltas
Alain Menu – 2 voltas

Volta mais rápida: Yvan Muller 1’25”662

Final, prova 2:

1 – Gabriele Tarquini (Seat Leon Tdi) – Seat – 16 voltas em 27’44”649
2 – Rickard Rydell (Seat Leon Tdi) – Seat – 0”810
3 – Jordi Genè (Seat Leon Tdi) – Seat – 5”869
4 – Yvan Muller (Seat Leon Tdi) – Seat – 7”157
5 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 9”916
6 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 11”759
7 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Proteam – 13”721
8 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 14”216
9 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 17”682
10 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Ravaglia – 18”144
11 – Alain Menu (Chevrolet Cruze) – RML – 19”046
12 – Tiago Monteiro (Seat Leon Tdi) – Seat – 23”097
13 – Robert Huff (Chevrolet Cruze) – RML – 23”376
14 – Alessandro Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 27”315
15 – Nicola Larini (Chevrolet Cruze) – RML – 27”694
16 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 29”859
17 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Lada – 34”424
18 – Kristian Poulsen (BMW 320si) – Engstler – 35”860
19 – Tom Boardman (Seat Leon) – Sunred – 36”601
20 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Wiechers – 36”992
21 – George Tanev (BMW 320si) – Proteam – 48”908
22 – Kirill Ladygin (Lada 110) – Lada – 49”709
23 – Viktor Shapovalov (Lada 110) – Lada – 1’13”069

Volta mais rápida: Alain Menu 1’34”837

Campeonato:

1.Yvan Muller e Gabriele Tarquini 15 pontos; 3.Genè e Rydell 14; 5.Farfus 7; 6.J. Muller 4; 7.Hernandez e Porteiro 3; 9.Priaulx 2; 10.Coronel 1

Construtores:

1.Seat 36 pontos; 2.BMW 22; 3.Lada 10; 4.Chevrolet 9

Independentes:

1.Porteiro 31 pontos; 2.Coronel 19; 3.Engstler 11; 4.Boardman 10; 5.Poulsen 7; 6.Tanev 6; 7.D’Aste 4; 8.Colak 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *